Grupo 1 – Denian

Post referente à atividade do dia 04 de Maio – Denian de Melo Valente

As funcionalidades escolhidas:

  • Adquirir Obra
  • Cadastrar Obra no Acervo
  • Catalogar Obra
  • Gerar Carteirinha de Usuários
  • Emprestar Itens

O propósito do teste será testar os serviços de empréstimo de materiais da unidade de informação de uma instituição de ensino superior, a partir de sua aquisição, tratamento para circulação e a disponibilização nas estantes.
A equipe interna envolvida na aplicação do teste será formada por um bibliotecário do setor de aquisição, um bibliotecário do processamento técnico e um bibliotecário da circulação.
O ambiente de teste será uma sala com três computadores para os bibliotecários dos três setores da equipe interna que trabalharão para três etapas: tratamento da informação, pesquisa da obra no catálogo e a criação de carteirinhas de usuários e  empréstimos.
Os usuários selecionados serão alunos dos cursos da instituição.

Critérios e métricas de usabilidade (Pergamum)
                                                                                   Sim                                                   Não
Permite Instalação em mais de uma máquina?    
Permite acesso simultâneo aos usuários?    
Permite acesso via internet?    
Utiliza o formato MARC21?    
Permite a integração das funções da biblioteca?    
Permite a leitura de código de barras?    
Gera etiquetas com código de barras?    
Gera etiquetas para a lombada?    
Permite a realização de um cadastro de perfis de usuários?    
Possibilita a pesquisa sobre o status do documento?    
Permite a realização de empréstimo, renovação e reserva on-line?    
Possibilita a busca a partir dos resultados (refinamento de busca)?    
Possui uma interface de busca avançada?    
Possui uma interface de busca simples (busca em todos os campos)?    
Possibilita limpar o formulário para nova pesquisa?    
Apresenta falhas com frequência?    
Restaura o processamento a partir da falha?    
É fácil de entender o conceito da aplicação?    
É fácil de aprender a usar?    
Possui documentação (manuais)?    
O tempo de resposta é satisfatório?    

 

Execução das funcionalidades:

  • Adquirir Obra
    O bibliotecário deverá adquirir as obras a partir das bibliografias dos cursos e sugestões dos usuários, respeitando a política de desenvolvimento de coleções da unidade de informação.
  • Cadastrar Obra no Acervo
    A execução desta tarefa será feita com o suporte do software de automação.
  • Catalogar Obra
    Será feita pelos bibliotecários do processamento técnico no software Pergamum, preenchendo os campos do MARC21.
  • Gerar Carteirinha de Usuários
    O bibliotecário de atendimento coletará informações dos usuários, que deverão apresentar atestado de matrícula e documento com foto, para preenchimento dos dados no Pergamum.
  • Emprestar Itens
    O empréstimo de itens será feito através do Pergamum, onde o usuário irá digitar o número de matrícula para em seguida o bibliotecário ler o código de barras do item e, por fim, o usuário irá digitar sua senha de cadastro, validando seu empréstimo por quinze dias.

Etapas detalhadas do teste      

  • Integrar os computadores na mesma rede;
  • Adquirir Itens;
  • Processar os materiais tecnicamente no computador 1;
  • Efetuar a consulta no acervo no computador 2;
  • Registrar o tempo de recuperação do número de chamada;
  • Registrar o tempo de localização do material na estante;
  • Emprestar no computado 3;
  • Inserir matrícula do usuário;
  • Ler exemplar a ser emprestado;
  • Digitar senha de usuário;
  • Confirmar empréstimo;
  • Registrar satisfação do usuário com o atendimento da U.I.

Equipe 1 – Madeleine

Este post se refere à atividade para o dia 11 de maio.

Funcionalidades

  • Adquirir obra
  • Catalogar obra
  • Cadastrar obra do acervo
  • Emprestar itens
  • Gerar carteirinha usuários

Proposito do teste

Será aplicado um teste de verificação, com o proposito de mensurar a usabilidade das funcionalidades integradas em um software de automação de bibliotecas.

 Equipe interna envolvida

  •  Avaliador especializado em softwares de automação para bibliotecas
  •  Observadores bibliotecários e administradores da UI.

Configuração do ambiente de teste

Ambiente composto por duas salas. Um delas com o computador de teste e uma câmera focada no usuário.  A próxima sala, onde estará o avaliador e os observadores, é composta por um computador para monitoramento, que irá mostrar o que acontece na tela do computador de teste.

Usuários selecionados

  • Bibliotecários atuantes na aquisição, processamento técnico e atendimento ao usuário.

Critérios e métricas de usabilidade 

Aquisição Sim Não
Permite realizar o controle da situação (status) do documento (encomendado, aguardando autorização, aguardando nota fiscal, etc)?    
Permite identificação da modalidade de aquisição (doação, compra, permuta, depósito legal)?    
Permite realizar o controle de datas de recebimento do material adquirido?    
Permite realizar o controle de fornecedores?    
Processamento técnico (catalogação e cadastro da obra)           Sim Não
Controla o registro do material bibliográfico?    
Permite processamento de materiais especiais?    
    Obras raras    
    Periódicos    
Permite importação de dados de catálogos cooperativos on-line?    
Gera etiquetas com código de barras?    
Circulação (empréstimo e carteirinha de usuário) Sim Não
Permite a realização de um cadastro de perfis de usuários?    
Gera um código de barras para cada usuário?    
Possui um sistema de aplicação de multas?    
Possibilita a pesquisa sobre o status do documento (disponível, emprestado, em tratamento)?  

Funcionalidades escolhidas e como elas deverão ser executadas no sistema

  • Adquirir obra – o usuário deve-rá  cotar novos itens, na opção Novas aquisições.
  •  Catalogar obra – utilizar a opção Catalogação, inserir dados no MARC 21.
  •  Cadastrar obra do acervo – utilizar a opção Cadastro exemplar, inserir a quantidade de exemplares, a forma de aquisição, e cadastrar.
  •  Gerar carteirinha usuários – preencher as informações na  opção Cadastro,  e imprimir carteirinha.
  • Emprestar itens – Na opção Empréstimo, inserir o numero de cadastro do usuário, utilizar o leitor de código de barras, e emprestar a obra

Etapas detalhadas do teste

  • Elaboração do roteiro de teste
  • Três tipos de roteiros de teste, aplicado individualmente para o usuário e seu respectivo setor: Aquisição, Processamento Técnico e Circulação
  • Organização das salas
  • Orientar os usuários sobre o teste, as tarefas à serem desempenhadas
  • Posicionar o usuário e iniciar o teste
  • Monitoramento do tempo de cada tarefa, anotações e analises.
  • Encerramento do teste
  • Agradecer ao usuário e dispensá-lo
  • Posicionar o próximo usuário e iniciar o próximo teste

 

 REFERÊNCIAS

CAFE, Lígia; SANTOS, Christophe Dos  and  MACEDO, Flávia. Proposta de um método para escolha de software de automação de bibliotecas. Ci. Inf. [online]. 2001, vol.30, n.2, p.70-79. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/ci/v30n2/6213.pdf>. Acesso em: 09 maio 2016.

 

Grupo 1 – Aline Viani Brito

Atividade 1_Etapa 3 – Atividade do dia 11 de Maio de 2016

5 Funcionalidades

Emprestar Itens

Cotar Itens com Fornecedor

Adquirir Obra

Cadastrar Obra no Acervo

Catalogar Obra

Planejamento do teste de usabilidade

– O propósito do teste (o que se quer testar com relação às funcionalidades escolhidas?)

                O teste visa avaliar o processo de atendimento, tratamento e compra da biblioteca estão de acordo coma operacionalidade esperada, além de medir a interação do usuário com o sistema desenvolvido pela biblioteca e a funcionalidade do mesmo.

– A equipe interna envolvida

                A equipe interna envolvida são os profissionais responsáveis pela aquisição, tratamento técnico e atendimento ao usuário (bibliotecários)

 – A configuração do ambiente de teste

                O ambiente do teste será em uma biblioteca escolar, onde participam em uma sala os profissionais do tratamento técnico, numa segunda sala os profissionais responsáveis pela aquisição, em um terceiro ambiente os profissionais que lidam com o atendimento e por fim um questionário direcionado ao público da biblioteca. Podendo ocorrer mutuamente ou não.

– Os usuários selecionados

                Os usuários selecionados são, bibliotecários do tratamento técnico, do atendimento e os profissionais bibliotecários, responsáveis pela aquisição.

– Critérios e métricas de usabilidade

Seleção, Aquisição e Catalogação:

Realiza alimentação e ou atualização de dados on-line?

Permite realizar o controle de datas de recebimento do material adquirido?

Permite realizar o controle de fornecedores?

Gera etiquetas com código de barras?

Gera etiquetas para lombada?

Maturiadade:

Apresenta falhas com frequência?

Recuperabilidade:

Tem processo automático de recuperação?

Possui a funcação backup automático?

Inteligibilidade:

É fácil entender o conceito e a aplicação?

Apreensibilidade:

É fácil de aprender a usar?

Tempo:

O tempo de resposta é satisfatório?

 

– As funcionalidades escolhidas e como elas deverão ser executadas no sistema

                As funcionalidades escolhidas são:

Emprestar Itens – O usuário deve emprestar 5 itens no auto atendimento, onde irá digitar o usuário, efetuar a leitura de código de barrar e digitar a senha. Tem 10 minutos como tempo esperado.

Cotar Itens com Fornecedor – O usuário deve efetuar uma lista de livros a serem comprados e enviar aos fornecedores, aguardando o feedback, obtendo o menor preço para compra. Possui tempo indeterminado para teste (até que todos os fornecedores respondam as informações)

Adquirir Obra – Adquirir a obra implica em ter concluído a etapa de Cotar Itens com Fornecedor e enviar para o setor financeiro para efetuação da compra. Possui tempo indeterminado.

Cadastrar Obra no Acervo – A obra deverá ser conferida com a lista de compras, cadastrada quanto as suas características. Tem como tempo estimado 30 minutos.

Catalogar Obra – O usuário deve tratar tecnicamente a obra, incluir essas informações no cadastro da obra e encaminhar para o atendimento. Tem como tempo estimado 45 minutos.

– As etapas detalhadas do teste

Preparar os computadores

Deixar aberta a aba do Pergamum a ser utilizada

Explicar para o usuário como funcionará o teste

Dar o determinado tempo para o usuário realizar o teste (tempo variável de acordo com a tarefa a ser executada)

O usuário executa a tarefa

É dispensado

Começa a preparação para a próxima turma a fazer o teste

 

Aline Viani Brito

 

Grupo 1 – Denian

Post referente à atividade do dia 04 de Maio.

ATIVIDADE 1
SETOR DE AQUISIÇÃO

ATORES
1 – Bibliotecário: aquisição de livros físicos;
2 – Bibliotecário: aquisição de mídias digitais/periódicos;
3 – Editoras nacionais parceiras da unidade de informação;
4 – Doadores;
5 – Alunos;
6 – Professores;
7 – Servidores;
8 – Transportadores.

FUNCIONALIDADES ESSENCIAIS
1 – Elaborar política de desenvolvimento de coleções;
2 – Gerar demanda;
3 – Receber pedidos de usuários;
4 – Analisar estatísticas de busca por títulos que não fazem parte do acervo;
5 – Verificar exemplares existentes no acervo;
6 – Fazer orçamentos;
7 – Pesquisar edições atualizadas
8 – Estudar a relevância da obra a ser adquirida;
9 – Conhecer o teor do assunto;
10 – Adquirir obra.

 

CENÁRIO FICTÍCIO DA UNIDADE DE INFORMAÇÃO
O cenário fictício defino é uma biblioteca universitária de uma instituição federal. Os atores desse setor são bibliotecários responsáveis por aquisição de livros físicos, digitais e assinaturas de bases de dados de periódicos científicos das áreas das ciências humanas, ciências tecnológicas, ciências naturais e exatas e ciências da saúde. Os profissionais recebem as demandas através de pedidos das coordenadorias dos cursos, juntamente com os professores que elaboram a bibliografia básica e complementar para os programas das disciplinas, além de sugestão de aquisição por parte da comunidade dos usuários (alunos, alunos de outras instituições, pessoas da comunidade, servidores etc.) que podem utilizar o formulário no portal da biblioteca.
A partir da demanda, os bibliotecários usam a política de desenvolvimento de coleções, que pré-estabelece os processos de avaliação de aquisição e demanda e seus critérios como auxílio na hora de aceitar doações ou adquirir materiais das editoras ou livrarias. Os critérios mais utilizados são: se consta no plano de ensino dos cursos, se a procura pelo título é frequente, se é relevante e atualizado. No caso de doações, a parte física e de conservação do material também é avaliada e, se o exemplar está danificado, roído por traças ou bastante riscado, perde o seu valor de interesse para a unidade de informação. Todavia, considera-se a relevância dos títulos fora de circulação no mercado e obras raras, que são submetidos ao setor de restauração. As informações sobre os títulos a serem doados são enviadas por um formulário.

MODELO DE SISTEMAS-SUBSISTEMAS
Sistemas e subsistemas

ATIVIDADE 2 – DIAGRAMA DE CASOS DE USO

Setor de aquisição - Diagrama de caso de uso

Grupo 1 – Aline Viani Brito

 Atividade 2_Etapa_Individual – Atividade do dia 4 de Maio de 2016 

5 Atores

1) Usuários que fazem os pedidos e sugestões de compra, são eles os alunos, professores e comunidade no geral

2) Responsável financeira, para analisar os pedidos de compra, orçar, negociar com empresas e fechar o pregão (sistema de compra adotado pela unidade de informação pensada).

3) Fornecedor, é a empresa terceirizada responsável por fechar o pregão com as editoras, empresas de mobiliário e materiais no geral.

4) Transportadora, empresa terceirizada responsável por todo o transporte e montagem de materiais quando necessário.

5) BibliotecárioS, responsável pelo pedido de compra ou permuta.

10 Funcionalidades

Comprar

Permutar

Analisar (as sugestões dos usuários)

Direcionar (os pedidos para o setor de finanças e ao tratamento técnico)

Solicitar

Orçar

Disponibilizar (para os usuários)

Conferir (se os matérias solicitados estão de acordo na hora da entrega)

Prestar Contas

Distribuir (relacionado ao transporte dos materiais)

Parágrafo explicativo

O cenário escolhido foi uma biblioteca escolar, onde o setor de aquisição tem um enfoque maior para nós, o setor tem como missão atender as demandas dos usuários a fim de proporcionar uma boa usabilidade dos materiais e serviços da biblioteca, possibilitando o ensino aprendizagem. Temos os atores usuários, os quais se dividem em alunos, professores e comunidade no geral, tendo esse último um enfoque nos pais dos alunos e bibliotecas parceiras da escola, possibilitando a permuta entre materiais. Os bibliotecários responsáveis pelo recebimento dos pedidos e sugestões de compra, vindo dos professores e alunos respectivamente; o financeiro terá papel importante, viabilizando os pedidos feitos pelos bibliotecários ou não, fechando parceria com outros atores que são os fornecedores que por sua vez tem contato direto com a transportadora.

Modelo de subsistemas 

Modelo_susistemas_Aline

 

Diagrama de casos de uso 

Casos_de_uso_aline

 

Aline Viani Brito

Link da imagem_Modelo de subsistemas Modelo Sistemas-Subsistemas (1)

 

 

Grupo 2 – Emmanuel

USABILIDADE EM UNIDADE DE INFORMAÇÃO

download1

Recursos de Software / Aplicações

Tornar o software mais ágil, mais rápido no sistema operacional;

Utilização de planilhas, cálculos e gráficos para complementar pesquisas através de programas adequados;

Utilização do software que propiciem maior automatização dos serviços, havendo mais tempo vire destinado ao usuário;

Facilitar o processo de ensino-aprendizagem através de editores de texto, uso de Feeds por meio de RSS;

Facilitar o usuário ao lembrar como realizar uma determinada tarefa após algum tempo de uso, bem como oferecer cursos sobre os recursos disponíveis na biblioteca.

CAPA-USABILIDADE1

 

Recursos de Hardware / Equipamentos 

Melhorias na Performance dos PCs;

Colocar monitores  voltados para idosos, com tamanhos de teclas para melhor uso na operação dos menus e displays maiores, que facilitam a visualização do que está sendo escrito;

Diminuição no tamanho, peso e custo dos hardwares portáteis – empréstimo de tablets;

Aumentar  sensibilidade do toutch screen nos terminais dos usuários, diminuido o tempo de acesso a informação;

Possibilitar o uso de Scanner, com possibilidade de gravar em pendrive ou envio por email das informações..

images

Recursos de Dados / Armazenamento 

Que a interface de sites da biblioteca  não sejam tão poluídas, com muitas informações;

Que seja permitido efetividade no armazenamento da informação em nuvens;

Que exista confiabilidade e segurança no dados armazenados através da base de dados;

Facilitação na arquitetura da informação que permita sua acessibilidade e usabilidade, como exemplo busca avançada e operadores boleanos;

Uso de pendrives, bloco de notas, planilhas e editores de texto pelos usuários

images (2)

Recursos Humanos / Atores

Auxiliar de biblioteca para que seja possível de efetuar transações, como: emprestar e renovar o empréstimo de um livro;

Que seja possível a interação entre os usuários através de rede social;

Que seja possível se informar,  pesquisar, adquirir novos conhecimentos através do uso de programas desenvolvidos pelos  programador responsável pela biblioteca;

Bibliotecário  possa monitorar, controlar, fazer uso de métricas sempre quando necessário;

Outros atendentes possíbilitando o uso da criatividade, do entretenimento, e do lúdico;

una-testes-de-usabilidade-aula-01-e-02-63-728

Recursos de Atendimento / Interface com o Usuário 

Melhorias na navegabilidade, diminuindo as dificuldades que o usuário tem de acessar a informação, uso de tutoriais nos sites;

Evitar o uso excessivo de recursos multimídia, tais como vídeo, cores, imagens e textos que venham comprometer a visualização dos usuários no site;

Criação de grupos e comunidades na biblioteca para usuários com as mesmas necessidades, desejos, gostos e hábitos, desenvolvendo o espaço interativo;

Serviços de FAQ e contate-nos.

Fornecimento de equipamentos de autoatendimento

download

Recursos de Acessibilidade

Acesso ao computador sem teclado, para pessoas com deficiência física, utilizando um periférico de reconhecimento de voz;

Aluno da universidade que a partir do uso de seu número de matrícula tem acesso a várias bases de dados de forma gratuíta;

Acervo da biblioteca de livro em braile para deficientes visuais;

Atendente na biblioteca de pessoas que se comuniquem em libras para o atendimento de pessoas com deficiência auditiva;

Acervo de audio-livros para deficientes visuais;

Eliminação de barreiras arquitetônicas, possibilitando o acesso de pessoas com deficiência motora.

download2