Grupo 2 – Emmanuel

Etapa 4 –Atividade 1 – 01/06/2016

Atividade 1

Portal Informativo da Biblioteca Universitária

TOP_InfoBiblio.jpg

O PortalInfoBiblio.com é um site interativo, dinâmico e conectado com tudo o que acontece em nossa biblioteca universitária e com as questões voltadas à vida acadêmica.  Uma importante ferramenta online que dá acesso à informação, ao conhecimento e explicação de todos os serviços prestados. Neste sentido, além dos serviços costumeiramente prestados na biblioteca, serão oferecidas notícias, novidades, eventos, informações de capacitações, regulamento e novas aquisições, em forma de textos, fotos, áudio, vídeo e integração do portal com o Facebook, Twitter e o Linkedin. Neste espaço, com apenas um login (cadastro do usuário), o usuário poderá conhecer os ícones disponíveis no portal e acompanhar muitas de suas solicitações de forma dinâmica e online. Acompanhem nossas edições, suas críticas e/ou sugestões serão sempre bem-vindas, até mesmo na estrutura que ora oferecemos. Juntos, construiremos um espaço mais democrático e agradável.

infobiblio

Elaborado pelo autor

 

Atividade 2

Softwares Biblioteca

MINIBIBLIO: versátil (possibilidade configuração funcional e visual), possível gerenciar e cadastrar livros, vídeos, revistas, manuais, etc., controle de empréstimo, emissão de etiquetas e cadastro de usuários.

minibiblios

Fonte Google imagens

BOOKDB2: no sistema é possível adicionar usuários, emprestar livros, adicionar cópias. Apropriado para uma biblioteca particular, de pequeno porte. Tentei usar a função impressão e apresentou erro de execução.

bookdb2

Fonte Google imagens

BIBLIOTECA FÁCIL: Com manual, cadastra usuários, autores, editores, gerencia empréstimos, devoluções e usuários, emite relatórios acervo e movimentação das obras, imprime etiquetas e carteiras de leitor. 

 

biblioteca fácil

Fonte Google imagens

BIBLIOEXPRESS: Para bibliotecas pequenas, médias ou pessoais,  com empréstimo, reserva, estatísticas, cadastra todos tipos de materiais, funcionalidade exige conhecimento da língua inglesa,  interface difícil.

Biblio_Express2

Fonte Google imagens

Escreva uma lista com 20 razões  pela qual um cliente deveria comprá-lo

datauri-file.png

Produzido pelo autor

 

minibiblio

Fonte Google imagens

 

biblioteca fácil

Produzido pelo autor

 

biblifácil

Fonte Google imagens

Escreva uma lista com 20 razões  pela qual um cliente não deveria comprá-lo

 

Biexpress

Produzido pelo autor

 

 

biblioexpress

Fonte Google imagens

bookdb1

Produzido pelo autor

 

bookdb

Fonte Google imagens

 

Referências

GOOGLE. Imagens. Disponível em: https://www.google.com.br/webhp?sourceid=chrome-instant&ion=1&espv=2&ie=UTF-8#q=google%20imagens. Acesso em: 01.jun.2016.

BRASIL. Senado Federal. Análise de software para biblioteca. Disponível em:  http://www2.senado.leg.br/bdsf/item/id/161502. Acesso em 01.jun.2016.

 

 

 

 

 

Anúncios

Grupo 2 – Emmanuel

Etapa 3 – Atividade 3 – de  25/05/2016

Biblioteca-887x522

Atividade 1

Exemplos de políticas que a U.I. deveria implementar:

  1. Desenvolvimento de coleções – principalmente para definição do repositório de acesso livre institucional – criação de variadas comunidades de acordo com disciplinas ministradas e outras subcomunidades delas derivadas – controle dos temas, objetos e qualidade dos conteúdos, (hoje em dia têm conteúdos multi e interdisciplinares, como é feito em muitas bibliotecas universitárias, com as devidas normas explicitadas);

    questes-chave-para-o-desenvolvimento-de-colees-de-recursos-eletrnicos-um-guia-para-bibliotecas-5-638

  2. Licenciamento e direitos autorais, tanto para aquisição de conteúdos (autores terem direitos adquiridos na distribuição e preservação dos conteúdos armazenados – todo conteúdo ou só os metadados?), quanto na distribuição para o usuário – acesso aberto com preservação dos direitos autorais – O que pode ser digitalizado? O que é ou não de domínio público? Quem pode? Como pode?  Que materiais?  Tem direito à downloads? Por quanto tempo é autorizado? Autorização da editora, caso o autor ter transferido o direito de copyright? – tudo se levando em conta a questão de justiça social – livre acesso à informação;

    images

  3. Organismos de segurança, ex. identificação e autenticação do usuário (caso hipotético de Biblioteca Universitária – usar a matrícula como é feito na BU/UFSC);

    images (1)

  4. Depósito e acesso de TCC, Dissertações, Teses e outros materiais do processo de ensino e aprendizagem – criando um processo de licenciamento dos conteúdos produzidos na universidade – de acordo com as normas e leis vigentes;

    download

  5. Empregar software livre na biblioteca;

    imagesdownload

  6. Tipos e formatos de arquivos (ex. doc, docx, pdf, pdfA, jpeg, png, html, xml etc.…), admitidos pelo sistema informacional, levando-se em conta a preservação de materiais digitais – migração daqueles formatos que não se utilizam mais para um novo formato para não se perder a informação;

    formatos-archivo

  7. Privacidade para todos os dados dos usuários do sistema da biblioteca;

    nove-de-dez-sites-liberam-dados-de-usuarios-para-terceiros--665411802

  8. Divulgação, compartilhamento e disseminação dos aspectos legais da propriedade intelectual na WEB e dos direitos autorais dentro do site, portal, redes sociais, etc…

    images (2)

  9. Capacitação de bibliotecários e demais envolvidos na criação e disseminação de conteúdos digitais;

    lerincluirtransformar_2

  10. Planejamento deve estar intrinsicamente alinhado às tecnologias da informação, aos sistemas de informação, a infraestrutura e principalmente com as pessoas.

    site_blog

Atividade 2

BIBLIVRE

O software é intuitivo, de fácil manejo, funcional, têm interface com usuário respeitando as hierarquias e convenções. Testei várias tarefas não encontrando problemas de execução. Existem explicações que facilitam a funcionalidade. Excelente navegabilidade.

bibilivre

PHL

Não é atrativo, porém é funcional. Tudo certo  na importação de arquivos da Library of Congress pelo Marc, bem como no cadastro de usuários e reserva de alguns itens registrados. O usuário deve ter um conhecimento prévio, pois não existem muitas explicações. Fazer melhorias no  layout.

122-triagem-clientes-phl

Atividade 3

Diagrama de Atividades no Biblilivre

 

 

Diagrama Atividades Bibilivre

Elaborado pelo autor

Referências:

Fonte de todas as imagens GOOGLE https://www.google.com.br/imagens

BIBLIVRE IV. Versão 4.1.11. [S.l.], 2014. Disponível em: <http://localhost/Biblivre4/l>. Acesso em: 28.maio 2016.

PHL. Versão 8.3. [S.l.], 2016. Disponível em: <http://127.0.0.1:2185/cgi-bin/wxis.exe?IsisScript=phl83.xis&cipar=phl83.cip&lang=por>. Acesso em: 28.maio 2016.

Sistema de Bibliotecas e Informação da UFRJ.  Disponível em http://www.sibi.ufrj.br/sobre-o-sibi.htm. Acesso em: 28.maio.2016.

 

Grupo 2 – Emmanuel

Etapa 3 – Atividade 2      

uml-diagrama-de-atividades-1-728

 

Software / Aplicações

Tarefa: Cadastrar Livro Adquirido no Sistema Pergamum

images

Subtarefas:

  1. Verificar especificações técnicas materiais  livro
  2. Verificar Requisições  Compra
  3. Receber Livro Fornecedor
  4. Conferir Livro Pedido
  5. Conferir Livro  Nota Fiscal
  6. Verificar se não tem erro impressão
  7. Verificar se não tem páginas em branco
  8. Verificar se tem todas páginas numeradas da impressão
  9. Carimbar Livro
  10. Colocar placa  patrimônio
  11. Registrar no pergamum número  ISBN
  12. Imprimir Etiqueta
  13. Colar Código  Barra
  14. Colar anti-furto

 

Hardware / Equipamentos

Tarefa: Conectar um PC para comunicação em série com vários aparatos eletrônicos

computer-processor-technology_103278701

 

Subtarefas:

  1. Ligar cabo entre a CPU e  Mouse
  2. Conectar  cabo do Teclado com  CPU
  3. Ligar  cabos da CPU e  Moden
  4. Conectar Scanner com  CPU
  5. Fixar cabo da Impressora na CPU
  6. Instalar  cabo da Webcan na CPU
  7. Conectar  cabo entre  CPU e  periférico MP3
  8. Ligar cabos entre  CPU e  Toten  autoatendimento
  9. Verificar se  equipamentos estão ligados
  10. Ligar Power
  11. Começar  utilizar sistema para comunicação em série

 

 

Dados / Armazenamento

Tarefa: Utilizar Nuvem

download

Subtarefas:

  1. Fazer login no servidor
  2. Digitar nome usuário
  3. Digitar Senha do usuário
  4. Escolher arquivo no computador que quer armazenar
  5. Criar pasta para separar os tipos de arquivos
  6. Abrir pasta
  7. Arrastar  arquivo selecionado para  pasta
  8. Verificar se arquivo ficou armazenado 
  9. Selecionar  ícone compartilhar para enviar  arquivo 
  10. Receber aviso de que arquivo foi compartilhado

 

Recursos Humanos / Atores

Tarefa: Bibliotecário Atender Usuário no Setor de Atendimento de Referência

o-servio-de-pesquisa-bibliogrfica-oferecido-pela-biblioteca-de-cincias-jurdicas-do-sistema-de-bibliotecas-sibi-da-universidade-federal-do-paran-ufpr-9-638

Subtarefas:

  1. Cumprimentar  usuário
  2. Verificar sua necessidade informacional
  3. Pesquisar Sistema Pergamum sobre  conteúdo, verificar onde pode ser encontrado
  4. Acompanhar  usuário até estantes em que estão os materiais
  5. Separar materiais para o usuário
  6. Informar que  material deverá ser consultado  e  não poderá ser emprestado
  7. Informar de deixar  material em cima da mesa, não colocar novamente na estante
  8. Mostrar o scanner para enviar as informações digitalizadas 
  9. Perguntar se  necessita de mais alguma informação
  10. Despedir-se 
  11. Novo atendimento

Atendimento / Interface com o Usuário

Tarefa: Acessar ao “Meu Pergamum” para registrar o perfil de usuário

MeuPergamum

Subtarefas:

  1. Acessar  Meu Pergamum  login  – número  matrícula e senha
  2. Acessar aos “Serviços”
  3. Dentro dos Serviços acessar “Dados Pessoais”
  4. Preencher os Campos dos Dados Pessoais
  5. Digitar nome Rua, Número,  Complemento se houver e nome Bairro, Telefone, CEP, Cidade, selecionar  UF, selecionar estado civil, selecionar  sexo, digitar data nascimento, selecionar  Nacionalidade, digitar  RG, digitar  CPF, digitar  email, clicar se quer receber email ou não.
  6. Salvar  dados
  7. Confirmar recebimento da mensagem “Os dados foram gravados com sucesso!”
  8. Adicionar uma fotografia ao perfil
  9. Selecionar  fotografia e salvar
  10. Clicar na casinha e voltar  tela inicial para começar a utilizar  sistema “Meu Pergamum”

 

Acessibilidade

Tarefa: Permitir o acesso as informações

selo_acesso_horizontal_jpg         openaccessweek6

Subtarefas:

  1. Fazer longin com numero matricula/senha
  2. Acessar bases de dados “Acesso Livre” por ordem alfabética
  3. Selecionar base escolhida
  4. Pesquisar conteúdo interessado na base em pesquisa avançada 
  5. Verificar resumo artigo
  6. Haver interesse
  7. Fazer o PDF texto total
  8. Salvar o material em arquivo pessoal
  9. Fazer nova pesquisa em outra base “Open Acess”
  10. Fazer download material selecionado

 

Escolha uma das tarefas produzidas na Atividade 1 e mostre o fluxo interno de suas subtarefas por meio de um Diagrama de Atividades.

 

link para ver melhor

Para ver melhor clique aqui

 

Diagrama de Atividades

 

Grupo 1 – Aline Viani Brito

Atividade 1_Etapa 3 – Atividade do dia 11 de Maio de 2016

5 Funcionalidades

Emprestar Itens

Cotar Itens com Fornecedor

Adquirir Obra

Cadastrar Obra no Acervo

Catalogar Obra

Planejamento do teste de usabilidade

– O propósito do teste (o que se quer testar com relação às funcionalidades escolhidas?)

                O teste visa avaliar o processo de atendimento, tratamento e compra da biblioteca estão de acordo coma operacionalidade esperada, além de medir a interação do usuário com o sistema desenvolvido pela biblioteca e a funcionalidade do mesmo.

– A equipe interna envolvida

                A equipe interna envolvida são os profissionais responsáveis pela aquisição, tratamento técnico e atendimento ao usuário (bibliotecários)

 – A configuração do ambiente de teste

                O ambiente do teste será em uma biblioteca escolar, onde participam em uma sala os profissionais do tratamento técnico, numa segunda sala os profissionais responsáveis pela aquisição, em um terceiro ambiente os profissionais que lidam com o atendimento e por fim um questionário direcionado ao público da biblioteca. Podendo ocorrer mutuamente ou não.

– Os usuários selecionados

                Os usuários selecionados são, bibliotecários do tratamento técnico, do atendimento e os profissionais bibliotecários, responsáveis pela aquisição.

– Critérios e métricas de usabilidade

Seleção, Aquisição e Catalogação:

Realiza alimentação e ou atualização de dados on-line?

Permite realizar o controle de datas de recebimento do material adquirido?

Permite realizar o controle de fornecedores?

Gera etiquetas com código de barras?

Gera etiquetas para lombada?

Maturiadade:

Apresenta falhas com frequência?

Recuperabilidade:

Tem processo automático de recuperação?

Possui a funcação backup automático?

Inteligibilidade:

É fácil entender o conceito e a aplicação?

Apreensibilidade:

É fácil de aprender a usar?

Tempo:

O tempo de resposta é satisfatório?

 

– As funcionalidades escolhidas e como elas deverão ser executadas no sistema

                As funcionalidades escolhidas são:

Emprestar Itens – O usuário deve emprestar 5 itens no auto atendimento, onde irá digitar o usuário, efetuar a leitura de código de barrar e digitar a senha. Tem 10 minutos como tempo esperado.

Cotar Itens com Fornecedor – O usuário deve efetuar uma lista de livros a serem comprados e enviar aos fornecedores, aguardando o feedback, obtendo o menor preço para compra. Possui tempo indeterminado para teste (até que todos os fornecedores respondam as informações)

Adquirir Obra – Adquirir a obra implica em ter concluído a etapa de Cotar Itens com Fornecedor e enviar para o setor financeiro para efetuação da compra. Possui tempo indeterminado.

Cadastrar Obra no Acervo – A obra deverá ser conferida com a lista de compras, cadastrada quanto as suas características. Tem como tempo estimado 30 minutos.

Catalogar Obra – O usuário deve tratar tecnicamente a obra, incluir essas informações no cadastro da obra e encaminhar para o atendimento. Tem como tempo estimado 45 minutos.

– As etapas detalhadas do teste

Preparar os computadores

Deixar aberta a aba do Pergamum a ser utilizada

Explicar para o usuário como funcionará o teste

Dar o determinado tempo para o usuário realizar o teste (tempo variável de acordo com a tarefa a ser executada)

O usuário executa a tarefa

É dispensado

Começa a preparação para a próxima turma a fazer o teste

 

Aline Viani Brito

 

Grupo 1 – Aline Viani Brito

 Atividade 2_Etapa_Individual – Atividade do dia 4 de Maio de 2016 

5 Atores

1) Usuários que fazem os pedidos e sugestões de compra, são eles os alunos, professores e comunidade no geral

2) Responsável financeira, para analisar os pedidos de compra, orçar, negociar com empresas e fechar o pregão (sistema de compra adotado pela unidade de informação pensada).

3) Fornecedor, é a empresa terceirizada responsável por fechar o pregão com as editoras, empresas de mobiliário e materiais no geral.

4) Transportadora, empresa terceirizada responsável por todo o transporte e montagem de materiais quando necessário.

5) BibliotecárioS, responsável pelo pedido de compra ou permuta.

10 Funcionalidades

Comprar

Permutar

Analisar (as sugestões dos usuários)

Direcionar (os pedidos para o setor de finanças e ao tratamento técnico)

Solicitar

Orçar

Disponibilizar (para os usuários)

Conferir (se os matérias solicitados estão de acordo na hora da entrega)

Prestar Contas

Distribuir (relacionado ao transporte dos materiais)

Parágrafo explicativo

O cenário escolhido foi uma biblioteca escolar, onde o setor de aquisição tem um enfoque maior para nós, o setor tem como missão atender as demandas dos usuários a fim de proporcionar uma boa usabilidade dos materiais e serviços da biblioteca, possibilitando o ensino aprendizagem. Temos os atores usuários, os quais se dividem em alunos, professores e comunidade no geral, tendo esse último um enfoque nos pais dos alunos e bibliotecas parceiras da escola, possibilitando a permuta entre materiais. Os bibliotecários responsáveis pelo recebimento dos pedidos e sugestões de compra, vindo dos professores e alunos respectivamente; o financeiro terá papel importante, viabilizando os pedidos feitos pelos bibliotecários ou não, fechando parceria com outros atores que são os fornecedores que por sua vez tem contato direto com a transportadora.

Modelo de subsistemas 

Modelo_susistemas_Aline

 

Diagrama de casos de uso 

Casos_de_uso_aline

 

Aline Viani Brito

Link da imagem_Modelo de subsistemas Modelo Sistemas-Subsistemas (1)

 

 

Grupo 1 – Denian

Post referente a atividade do dia 27/04

ATIVIDADE 1
Recuros de Software / Aplicações

Automação (Pergamum): tratamento da informação, consulta do acervo, emprestar, devolver, reservar materiais, etc.
Editor de imagens e vetoriais (Corel Draw, Photoshop): criação de folders e flyers de divulgação de novas aquisições, atividades culturais e exposições, panfletos e guias explicativos etc.
Pacote de software de escritório (Office, LibreOffice): gerenciador de dados e informações, planilhas para dados estatísticos, editores de texto para auxiliar nos tramites da unidade de informação.
Navegadores de internet (Google Chrome, Mozilla Firefox)
: acessar e-mails, efetuar consultas externas ao acervo, pesquisar em bases de dados, etc.
Softwares de segurança do sistema: para que a integridade do sistema e dos arquivos não fique comprometida.

Recursos de Hardware / Equipamentos
Microcomputadores para trabalho:
Equipamento de alta capacidade de desempenho, armazenamento e processamento de dados para o tratamento e recuperação da informação.
Terminais de consulta: pesquisa ao acervo e renovação de materiais.
Notebooks: empréstimo local para a comunidade usuária.
Impressoras e scanners: equipamento de impressão e cópia de materiais do acervo.
Datashow: para palestras, capacitações e videoconferências.

Recursos de Dados / Armazenamento
Servidores para bancos de dados:
armazenar todos os arquivos e documentos geridos pela unidade de informação em um único local.
Arquivos correntes: guarda de materiais físicos de cunho administrativo.
Bases de Dados de periódicos: portal de periódicos com assinaturas de revistas científicas nacionais e internacionais.
Repositório de Teses, Dissertações e Monografias de Graduação: armazenar as produções científicas da comunidade acadêmica com acesso mais democrático.
Repositório para obras raras: recuperação de informação e materiais de obras raras em um repositório institucional, acesso à revistas e jornais antigos, livros fora de circulação no mercado etc.

Recursos Humanos / Atores
Bibliotecário: atendimento:
Cadastrar, capacitar, pesquisar e localizar material, informar, etc.
Bibliotecário: processamento técnico: tratar da informação. Indexar, catalogar, classificar.
Bibliotecário: aquisição: responsável pelo crescimento e desbaste do acervo.
Bibliotecário: direção e administração: tomada de decisões e desempenho do papel administrativo, não dispensando a participação dos colaboradores internos.
Comunidade usuária: comunidade para gerar demandas de serviços e produtos na unidade de informação.

Recursos de atendimento / Interface
Interface de busca no acervo:
mecanismo de busca com interface simples e avançada e filtros para maior precisão na recuperação de informação.
Capacitação em bases de dados: para operações de busca em bases de dados, como operadores booleanos e filtros.
Tutoriais de uso da unidade de informação: folders explicativos e objetivos sobre a classificação de assuntos e uso do acervo.
Visitas orientadas: o profissional orienta a comunidade ingressante sobre os serviços e uso de recursos da unidade de informação.
Autoatendimento: para maior autonomia do usuário, que poderá efetuar o empréstimo e devolução de forma mais independente.

Recursos de acessibilidade
Estantes baixas para cadeirantes:
para alcançar o livro na parte superior da estante.
Rampas de acesso: facilitar a entrada do usuário com deficiência física.
Pisos táteis: para usuário com deficiência visual.
Audiolivros/Livros em braile: recursos informacionais para deficientes visuais.
Elevador: para acesso aos deficientes físicos ou com dificuldade de locomoção.

Grupo 1 – Aline Viani Brito

Esse post é referente a atividade do dia 27 de Abril de 2016. 

Exemplificar no mínimo 5 situações de aplicação de usabilidade (dizer como seria feito) para cada uma das dimensões abaixo, num contexto de uma U.I.:

O cenário pensado para as aplicações de usabilidade foi uma biblioteca pública.

Fonte: (http://www.gruportk.com.br/upload/pages/image/p_usabilidade2.jpg)

 -Recursos de Software / Aplicações

Automação (Bibilivre) – O Software Bibilivre irá armazenar todas as informações de acervo, dados de empréstimo e consulta da biblioteca. Será instalado em todos os computadores da unidade de informação.

Bibilivre

Fonte: (http://www.sistemas.ro.gov.br/data/uploads/2013/09/banner_bblivre1.png)

Navegador (Google Chrome) – O navegador ficará à disposição dos usuários para pesquisa, consulta em bases de dados de acesso aberto, site de notícias, redes sociais e mídias no geral.

Software de processamento de texto e planilhas (Libreofice) – O software livre tem como objetivo ser utilizado pelo usuário que busque ajuda na formatação de trabalhos acadêmicos, produção de planilhas e textos no geral.

Photoshop – O photoshop será inserido como uma atividade extra da biblioteca servirá para capacitação e minicursos. Com objetivo de instruir a comunidade para futuras profissões e trabalhos no geral.

Software de limpeza (Ccleaner) – Com função de não poluir os computadores e notebooks, a cada sessão encerrada o software atuará na limpeza de arquivos não padrão.

Software antivírus (Avast) – O software antivírus faz-se muito necessário devido ao grande e contínuo uso dos computadores, mantendo assim um bom funcionamento e preservação do maquinário.

-Recursos de Hardware / Equipamentos

Computadores – Para o uso da comunidade no geral, com programas para auxílio da navegação e formatação.

Scanner – Para a comunidade no geral, sendo manuseado por um funcionário ou estagiário

Digitalizadora – Para a comunidade no geral, sendo manuseado por um funcionário ou estagiário

Impressora – Para a comunidade no geral, sendo manuseado por um funcionário ou estagiário

Placa de vídeo – Presente nos computadores para auxílio e complementação de uso.

Leitor de código de barras – Para facilitar o empréstimo e devolução feito para os funcionários.

Leitor

Fonte: (http://d2fvaoynuecth8.cloudfront.net/assets/50153/produtos/207/leitor01.jpg)

Notebooks – Disponível para os usuários mediante empréstimo.

-Recursos de Dados / Armazenamento

CD-ROMs/DVDs – Para uso da comunidade no geral

HD- Presente nos computadores

Livros – Para uso da comunidade no geral

Livros

Fonte:(https://aoquadrado.catracalivre.com.br/wp-content/uploads/sites/4/2015/04/Most-Frequently-Challenged-Book-ftr.jpg)

Periódicos – Para uso da comunidade no geral

Mapas – Para uso da comunidade no geral

-Recursos Humanos / Atores

Bibliotecários (processamento técnico) – Atuando na classificação, catalogação e indexação

Bibliotecário (atendimento ao usuário) – Atuando no empréstimo, devolução, capacitação e ajuda no geral

Bibliotecário

Fonte: (https://bibliotecariovirtual.files.wordpress.com/2011/10/2011_07_10.jpg)

Estagiários de biblioteconomia – Auxilio aos bibliotecários de atendimento e processamento

Seguranças – Atuando no hall da biblioteca

Serviços gerais – Atuando nos serviços necessários

Técnico de informática – Atuando no auxilio as programações da biblioteca e problemas no software.

– Recursos de Atendimento / Interface com o Usuário

Interface de busca no acervo  – Interface para fácil acesso do usuário com o acervo.

Interface de busca em bases de dados – Recurso a ser explorado nas capacitações e minicursos, além do público que já saiba os mecanismos de pesquisa.

Capacitação em bases de dados – Visando o auxílio das atividades escolares e de ensino superior.

Tutoriais para navegação e pesquisa – Para instruir o usuário a pesquisar e encontrar o que procura.

Máquinas de autoatendimento – Com o objetivo de proporcionar autonomia para o usuário.

Autoatendimento

Fonte:(https://autoatendimento.files.wordpress.com/2013/04/autoatendimento-web-3.jpg?w=424&h=282)

Painéis informacionais – Indicando atividades futuras, propagandas, localização das estantes e etc.

 – Recursos de Acessibilidade

Scanner de mesa com tradução em braile – Para leitura simultânea para cegos.

Scanner

Fonte: (http://www.civiam.com.br/civiam/media/catalog/product/cache/1/image/300×300/17f82f742ffe127f42dca9de82fb58b1/s/c/scanner_com_voz.jpg)

Piso tátil – Para localização de cegos

Elevador – Para cadeirantes, idosos e usuários com deficiências no geral.

Audiolivros – Para usuários cegos, mudos e parte da comunidade

Acervo em braile – Para usuários cegos

Ampliadores de tela – Para usuários com baixa visão

 

Aline Viani Brito