Grupo 2 – Emmanuel

Etapa 3 – Atividade 3 – de  25/05/2016

Biblioteca-887x522

Atividade 1

Exemplos de políticas que a U.I. deveria implementar:

  1. Desenvolvimento de coleções – principalmente para definição do repositório de acesso livre institucional – criação de variadas comunidades de acordo com disciplinas ministradas e outras subcomunidades delas derivadas – controle dos temas, objetos e qualidade dos conteúdos, (hoje em dia têm conteúdos multi e interdisciplinares, como é feito em muitas bibliotecas universitárias, com as devidas normas explicitadas);

    questes-chave-para-o-desenvolvimento-de-colees-de-recursos-eletrnicos-um-guia-para-bibliotecas-5-638

  2. Licenciamento e direitos autorais, tanto para aquisição de conteúdos (autores terem direitos adquiridos na distribuição e preservação dos conteúdos armazenados – todo conteúdo ou só os metadados?), quanto na distribuição para o usuário – acesso aberto com preservação dos direitos autorais – O que pode ser digitalizado? O que é ou não de domínio público? Quem pode? Como pode?  Que materiais?  Tem direito à downloads? Por quanto tempo é autorizado? Autorização da editora, caso o autor ter transferido o direito de copyright? – tudo se levando em conta a questão de justiça social – livre acesso à informação;

    images

  3. Organismos de segurança, ex. identificação e autenticação do usuário (caso hipotético de Biblioteca Universitária – usar a matrícula como é feito na BU/UFSC);

    images (1)

  4. Depósito e acesso de TCC, Dissertações, Teses e outros materiais do processo de ensino e aprendizagem – criando um processo de licenciamento dos conteúdos produzidos na universidade – de acordo com as normas e leis vigentes;

    download

  5. Empregar software livre na biblioteca;

    imagesdownload

  6. Tipos e formatos de arquivos (ex. doc, docx, pdf, pdfA, jpeg, png, html, xml etc.…), admitidos pelo sistema informacional, levando-se em conta a preservação de materiais digitais – migração daqueles formatos que não se utilizam mais para um novo formato para não se perder a informação;

    formatos-archivo

  7. Privacidade para todos os dados dos usuários do sistema da biblioteca;

    nove-de-dez-sites-liberam-dados-de-usuarios-para-terceiros--665411802

  8. Divulgação, compartilhamento e disseminação dos aspectos legais da propriedade intelectual na WEB e dos direitos autorais dentro do site, portal, redes sociais, etc…

    images (2)

  9. Capacitação de bibliotecários e demais envolvidos na criação e disseminação de conteúdos digitais;

    lerincluirtransformar_2

  10. Planejamento deve estar intrinsicamente alinhado às tecnologias da informação, aos sistemas de informação, a infraestrutura e principalmente com as pessoas.

    site_blog

Atividade 2

BIBLIVRE

O software é intuitivo, de fácil manejo, funcional, têm interface com usuário respeitando as hierarquias e convenções. Testei várias tarefas não encontrando problemas de execução. Existem explicações que facilitam a funcionalidade. Excelente navegabilidade.

bibilivre

PHL

Não é atrativo, porém é funcional. Tudo certo  na importação de arquivos da Library of Congress pelo Marc, bem como no cadastro de usuários e reserva de alguns itens registrados. O usuário deve ter um conhecimento prévio, pois não existem muitas explicações. Fazer melhorias no  layout.

122-triagem-clientes-phl

Atividade 3

Diagrama de Atividades no Biblilivre

 

 

Diagrama Atividades Bibilivre

Elaborado pelo autor

Referências:

Fonte de todas as imagens GOOGLE https://www.google.com.br/imagens

BIBLIVRE IV. Versão 4.1.11. [S.l.], 2014. Disponível em: <http://localhost/Biblivre4/l>. Acesso em: 28.maio 2016.

PHL. Versão 8.3. [S.l.], 2016. Disponível em: <http://127.0.0.1:2185/cgi-bin/wxis.exe?IsisScript=phl83.xis&cipar=phl83.cip&lang=por>. Acesso em: 28.maio 2016.

Sistema de Bibliotecas e Informação da UFRJ.  Disponível em http://www.sibi.ufrj.br/sobre-o-sibi.htm. Acesso em: 28.maio.2016.

 

Anúncios