GRUPO 06 – Genilson Geraldo

4

Créditos: PróSalas <http://www.iau.usp.br/prosalas/projetos/12-05.html>

 

Atividade referente a atividade do dia 30/03/2016

Síntese – Sistema de Informação X Unidade de Informação

Os sistemas de informação são conjuntos de elementos organizados, podendo ser dados, pessoas, atividades, estrutura, organização e recursos materiais em geral. Estes elementos interagem entre si processando informações e divulgando de forma adequada em função e objetivos.

Apontando alguns elementos que fazem parte de um sistema de informação em uma Unidade de Informação, colocamos como modelo os elementos em uma Biblioteca Especializada, que, entende-se aquela que se dedica principalmente a publicações sobre um assunto ou um grupo de assuntos em particular, ou seja, uma biblioteca cujo acervo seja direcionado para a satisfação das necessidades de um público específico.

Estes elementos, voltados para uma biblioteca especializada iniciamos com Entradas que são as informações dos usuários, suas solicitações e sugestões, ou seja, aquisição dos recursos informacionais (com os interagentes da unidade de informação). Essa relação de entrada está inserida no uso de Mecanismos de Processamento de Dados da Unidade de Informação, tal como, software especializados de cadastro dos usuários, históricos e empréstimos. Este mecanismo é utilizado também para controle e organização da Unidade de Informação, auxiliando assim nos Processos da instituição, bem como, a seleção, aquisição, catalogação, classificação e outros.

Esses elementos interligados, possibilitam a disseminação da informação que são as Saídas, desse conjunto de elementos do sistema de informação, que é responsável no atendimento ao usuário da unidade de informação alcançando assim, os Objetivos do Sistemas de Informação, que é armazenar, tratar e fornecer informações de tal modo a apoiar as funções ou processos de uma organização. Estes objetivos devem estar de acordo com os interesses e satisfação do Ambiente em que a unidade informação está inserida, ou seja, neste caso uma biblioteca especializada. Portanto, os seus usuários internos, a sociedade em que faz parte e, sua Infraestrutura interna e externa, oferecendo um espaço físico de qualidade aos interagentes, com profissionais capacitados e acesso à tecnologia e informação, mantendo um equilíbrio na qualidade de serviços.

Para a qualidade, manutenção e realização destes serviços, é preciso obter e captar Recursos financeiros, tecnológicos e humanos, satisfazendo a sua clientela mediante oferta de produtos e serviços de informação de qualidade compatível com o mercado, e assim, desenvolvendo ferramentas e métodos de trabalho eficazes e eficientes.

Para os serviços da biblioteca especializada sejam eficazes e eficientes é preciso ter Feedback destes processos, possibilitando análise e Controle das funções e objetivos dos elementos citados. Pode -se obter feedback, com opiniões dos usuários e sociedade que interage com a U.I.; analises periódicos dos serviços prestados físicos e tecnológicos, entre outros. Todavia, este controle é feito e coordenado pelo bibliotecário chefe, que orienta e organiza os profissionais da U.I. para execução deste controle e análises.

Portanto, estes elementos de um S.I. citados interagem-se, realizando cada um sua função e objetivos específicos, processando, gerando, disseminando as informações e realizando o objetivo geral da U.I. que é prestar um serviço de qualidade a comunidade que está inserida.

ESQUEMA SI

Créditos: autor

Referências:

SERAFIM, Andreza Nadja Freitas; CUNHA, Caio César Delfino da; SILVA, Mailza Paulino de Brito. Redes Sociais e Microblogs em Unidades de Informação: explorando o potencial do twitter, do ning e do foursquare como ferramentas para promoção de serviços de informação. Paraíba, 2010. Disponível em: < https://www.hitpages.com/doc/5395763823640576/1/&gt;. Acesso em: 27 mar. 2016.

VIEIRA, Ronaldo. Introdução à teoria Geral da Biblioteconomia. Rio de Janeiro: Interciência, 2014. 306 p.