Grupo 4 – Jackson

Este post se refere à atividade para o dia 22 de junho.

Ferramentas Colaborativas

Imagem 1 – Ferramentas Colaborativas.

JACKSON

Fonte: (PORTAL DO BIBLIOTECÁRIO, 2015).

Uma maneira de integrar ferramentas colaborativas em sistemas já existentes em Unidades de Informação é dispor na interface do seu website, ícones das mais diversas redes sociais que a instituição possui. A escolha das ferramentas deve ser centrada no usuário. O profissional da informação deve ter conhecimento básico dessas ferramentas para executar trabalhos e disseminar o conteúdo de sua unidade por meio desse mecanismo. Alguns exemplos de ferramentas colaborativas são: Blogs (WordPress, Blogspot), redes sociais (Facebook), microblogs (Twitter, Instagram), sites de compartilhamento de conteúdo (Youtube), Wikis (Wikipédia), entre outros. 

Essas ferramentas colaborativas possibilitam gerar diferentes serviços inovadores para as Unidade de Informação como:

 YouTube

Além de depósito para vídeos instrucionais, o Youtube poderia ser usado para complementar o conteúdo do acervo, utilizando vídeos para acrescentar algum conteúdo disponibilizado e facilitar o entendimento do conteúdo. Também poderia ser usado para disponibilizar tutorias, por exemplo, de serviços online disponíveis no site, como empréstimo.

Além da postagem de vídeos do Youtube (mencionado anteriormente), o Facebook possibilita feed de notícias detalhadas de tudo que acontece na Unidade com as pessoas da sua rede, criação de calendário para criação e divulgação de eventos. Também serve como ferramenta de divulgação de novas aquisições, mostrando detalhes do material (como uma foto da capa do livro, por exemplo) e direcionando a públicos de interesses específicos, já que tem a possibilidade da criação de grupos.

 Facebook
Whatsapp-icon

Por meio do WhatsApp, o usuário pode se comunicar diretamente com o profissional, tirando possíveis dúvidas sobre os serviços e produtos oferecidos pela Unidade, dando críticas e pedindo informações. Por exemplo, o usuário precisa da referência de um livro, o bibliotecário enviaria pelo WhatsApp. 

 

Outra alternativa interessante seria a Unidade de Informação dispor de um serviço onde se o usuário criar tags para descrever ou avaliar uma obra, ele poderá ganhar emblemas e acumulá-los para ter vantagens na unidade de informação. Por dispensar conhecimentos específicos de informática e tecnologia, se torna de fácil utilização. Por ser uma ferramenta totalmente colaborativa, os blogs como, por exemplo, o WordPress, dispensa conhecimentos específicos de informática, se tornado de fácil utilização.

WordPress

REFERÊNCIAS

ICONARCHIVE. WhatsApp. [S.l. : s.n.], c2016. Disponível em: <http://www.iconarchive.com/tag/whatsapp-messenger>. Acesso em: 20 jun. 2016.

ICONFINDER. Social Networks Pro Icons. [S.l. : s.n.], 2016. Disponível em: <https://www.iconfinder.com/iconsets/socialnetworkspro>. Acesso em: 20 jun.. 2016.

PORTAL DO BIBLIOTECÁRIO. Serviço de referência e tecnologias, 14 maio 2015. Disponível em: <http://portaldobibliotecario.com/2015/05/14/servico-de-referencia-e-tecnologias/>. Acesso em: 18 jun. 2016.

 

Anúncios

Publicado por

jacksonsalm

estudante

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s