Grupo 2 – Leandro Grosselli

Post referente à atividade do dia 22/06/2016

 

Como integrar ferramentas colaborativas em sistemas já existentes em unidades de informação?

images

R: Segundo  Marteleto  (2001,  p.72), as redes sociais representam  “[…]  um  conjunto  de  participantes autônomos, unindo ideias e recursos em torno de valores e  interesses  compartilhados”.  O uso das redes sociais é uma ótima forma de integrar ferramentas colaborativas no sistema da Unidade de Informação, dando aos usuários mais praticidade na busca pela informação e para a Unidade uma ferramenta mais abrangente na divulgação das informações, alcançando um maior número de usuários. O Facebook, Instagram  e Google Plus podem ser usados como ferramentas já que muitos usuários dessas Unidades possuem cadastro nessas redes sociais. Poderia ser criado nas Redes Sociais um sistema de interação entre os atendentes da Unidade de Informação e os usuários, usar nas redes sociais hiperlinks que dariam acesso aos usuários à página da Unidade de Informação de forma mais rápida sem precisar pesquisar na Web.

Juntar as redes sociais no sistema da Unidade de Informação ajudaria na análise de satisfação do usuário com os serviços da Unidade de Informação.

 Que tipo de serviços inovadores para unidades de informação podem ser gerados com este tipo de ferramenta?

lista-de-redes-sociais-publicitariadigital

Poderia ser criado no Instagram uma galeria com imagens de livros que o usuário tem interesse em que a Unidade de Informação adquira, abrindo uma interação maior entre usuário e Unidade de Informação, assim fica-se sabendo quais são as necessidades de leitura dos usuários.

No Google criar enquetes para avaliar o nível de satisfação dos usuários para que seja observado quais as necessidades de melhorias que a Unidade de Informação necessita e quais as sugestões dos usuário quanto ao serviço oferecido.

No facebook pode ser criada uma forma de  interação onde haverá  uma janela para uma conversa direta entre Unidade de Informação e Usuário em tempo real, oferecendo ao usuário um serviço que sanaria suas dúvidas.

 

Referências:

MARTELETO,  Regina  Maria.    Análise  de  redes  sociais:  aplicação nos  estudos  de  transferência  da  informação.  Ciência  da  Informação Brasília,  v.  30,  n.  1,  p.  71-81,  jan./abr. 2001. Disponível em:<http://www.scielo.br/pdf/ci/v30n1/a09v30n1&gt;. Acesso em: 18 jun. 2016.

OLIVEIRA, Eduarda Bodaneze de; DUTRA, Moisés Lima. Um levantamento sobre do uso de ferramentas da Web 2.0 entre os estudantes da Ciência da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, Florianópolis, v. 19, n. 39, p. 153-182, abr. 2014. ISSN 1518-2924. Disponível em:<https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2014v19n39p153>. Acesso em: 18 jun. 2016.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s