Grupo 1 – Madeleine

Este post é referente a atividade do dia 01 de junho  de 2016.

Atividade 1:

No Brasil, a Lei 9610/98 dos direitos autorais não trata especificamente do âmbito digital, porém destaca que “não se pode utilizar, publicar ou reproduzir uma obra sem o consentimento de seu autor” (IAZEN; PINTO; WILDAUER, 2013, p. 210). Sendo assim, a politica de gestão da UI, deve pensar em atitudes que respeitem o direito do autor e o acesso aos usuários. Alguns exemplos de ações que a UI poderia implementar para lidar com os direitos autorais e a propriedade intelectual na WEB .

– Adquirir eBooks por assinatura, tais necessitam de renovações periódicas pela biblioteca com o fornecedor para deter temporariamente a licença de uso obra. Adquirir também eBooks por aquisição perpétua, a biblioteca adquire a obra como um livro físico e possui sua licença de uso.  (SERRA, 2013)

– Desenvolver uma politica de acesso às obras dos repositórios, os ebooks adquiridos deverão possuir acesso restrito na base por um login, para professores, alunos e colaboradores da UI.

– Permitir a leitura online e a leitura off-line através do software reader.

– O empréstimo de ebooks deverá possuir um prazo, sem direito a renovação, onde o conteúdo do livro será automaticamente bloqueado.

– Disponibilizar obras de domínio público gratuitas para download.

– Permitir acesso livre à  obras sujeitas à licença de Creative Commons, publicações Open Access, como produções acadêmicas, teses, artigos, que permitem distribuição, copia e licenciamento, desde que a fonte seja citada. (SERRA, 2013)

Atividade 2: 

Figura 1 – Biblivre

 bib.jpg

Fonte: <http://biblivre.org.br/images/topo/logo.png&gt;.

O Biblivre possui uma interface agradável, pragmática e intuitiva, a pesquisa, o empréstimo, os cadastros e as outras tarefas são encontrados com rapidez e realizados facilmente. Possui exemplos bem explicativos. Não houve problemas na realização de nenhuma tarefa.

Figura 2

 bib.jpg

Fonte: <//pmfi.phlnet.com.br/phl8/phl.jpg>

O PHL não possui um menu muito intuitivo. A interface possui aparência de fórum, não atrativa ao usuário. Apresenta opções de números de classificação e Cutter. Algumas tarefas demandaram muito tempo para serem concluídas. Poderia melhorar o layout e as hierarquias, pois o usuário demora um pouco para se habituar ao software.

Atividade 3: 

Figura 3 –  Cadastro de obra tipo Livro no Biblivre encontrada no catálogo da Biblioteca Nacional  

DIAGRAMA DE ATIVIDADES1.jpg

Fonte: Autor

REFERÊNCIAS

IANZEN,Adriane;WILDAUER, Egon Walter; PINTO, José Simão de Paula. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, v. 18, n. 36, p.203-230, jan./abr., 2013. Disponível em:<https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/viewFile/1518-2924.2013v18n36p203/24519&gt;. Acesso em: 28 maio 2016.

SERRA, Liliana Giusti. Direitos autorais e bibliotecas digitais. Infohome. 2013. Disponível em: <http://www.ofaj.com.br/colunas_conteudo.php?cod=776&gt;. Acesso em: 28 maio 2016.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s