Grupo 2 – Nara

Este post se refere à atividade para o dia 11 de maio

Planejamento de

Testes de Usabilidade

  Software Escolhido para o Teste e Ambiente Sugerido

  • Biblioteca Universitária;
  • Análise do Sotware PERGAMUM.

         Propósito do Teste

  • Compreender o comportamento informacional dos usuários das unidades de informação, aplicando as funcionalidades sugeridas;
  • Avaliar a usabilidade do software PERGAMUM;
  • Conhecer as facilidades e dificuldades de utilização do sistema pelos usuários.

     Equipe Interna Envolvida

  • Bibliotecários;
  • Auxiliar Bibliotecário;
  • Aluno de Graduação;
  • Professor;
  • Técnico em TI.

      A configuração do ambiente de teste

  • Em uma Biblioteca Universitária, Aluno sobre o teste sendo filmado;
  • Técnico em TI observando fazendo o relatório e avaliando o aluno;

Em outra sala usou-se uma câmera que filmava tudo para avaliação final com a presença de Bibliotecários, Professor e Auxiliar Bibliotecário fazendo a avaliação.

  As funcionalidades escolhidas e como elas deverão ser executadas no sistema

  • Emprestar Itens – Aluno Universitário faz uma pesquisa ao catálogo on-line do Pergamum, diretamente ao registro da obra, solicitando à reserva que ficará disponível ao usuário até 24 horas no balcão de empréstimos, sendo cancelada se o usuário não comparecer até o prazo determinado pela biblioteca. Atendimento satisfatório, devido à rapidez por manter o histórico de cada usuário e efetiva gerência dos recursos e processos.
  • Adquirir Obra – O Sistema permite a utilização de um catálogo eletrônico com serviços de pesquisa rápida tanto por palavras ou termos, com acesso por consulta, usando pesquisa índice ou pesquisa básica, usando filtros se necessário, abrindo cadastro de exemplar, requisitar a obra e fazer a reserva.
  • Cadastrar Obra no Acervo – Cadastrar dados, atualizar, possibilitando fazer importação e exportações de dados, dependendo do tipo de banco de dados que a instituição vai utilizar para melhor recuperar a informação.
  • Gerar Carteirinha de Usuários – Somente com cadastro e senha atualizados, pelo sistema da Instituição.
  • Catalogar Obra – Acessar catalogação/cadastro de planilha, clicar em informações iniciais, selecionar o tipo de obra, digitar o termo ou classificação da obra, selecionar em unidade de informação e gravar. Não esquecendo, de preencher todos os campos solicitados pelo sistema, permitindo também fazer relatórios, consulta ao catálogo e a maioria dessas consultas pode ser feitas on-line, controlando aquisição e catalogação.

     Critérios e métricas de usabilidade

  • A pesquisa rápida – Possibilita o aceso direto pesquisa por materiais (multimeios, periódicos, teses, dissertações, monografias e etc.);
  • Pesquisa por Publicações Online disponibiliza o acesso às teses, dissertações e artigos online, fornecendo o acesso ao link destas publicações.

Conclusão

        Conclui-se que o Pergamum é eficiente em sua pesquisa rápida, mas havendo problemas com itens como ajuda que não apresenta uma forma mais clara para auxiliar o usuário que faz pouco uso de suas funções se torna confuso para achar respostas para a solução. A interface poderia ser melhorada disponibilizando uma orientação mais objetiva, facilitando o uso e eficácia na pesquisa.

Referências: http://portal.bu.ufsc.br/emprestimo-domiciliar/ acesso em 08.maio.2016.

http://portal.bu.ufsc.br/conheca-a-bu/administrativo/normas-gerais/#prazos acesso em 08.maio.2016.

http://www.gestaoescolar.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/pdf/manual_pergamum.pdf acesso em 08.maio.2016.

http://www.ndc.uff.br/sites/default/files/arquivos/Manual_de_Catalogaoatual3_0.pdf acesso em 08. maio.2016.

 

Grupo 3 – Luana

Este post refere-se a atividade do dia 04/05/2016.

 

As funcionalidades escolhidas foram:

  • Adquirir obra;
  • Cadastrar obra no acervo;
  • Catalogar obra;
  • Gerar carteirinha de usuários;
  • Emprestar itens.

Propósito do teste: O propósito desse teste é testar a funcionalidade, a operacionalidade, a interação do usuário (que seria o bibliotecário do sistema), adequação e a apreensibilidade (capacidade de aprender a usar o sistema).

A equipe interna envolvida: Para que esse teste venha ser realizado vamos precisar de uma equipe interna, essa equipe será composta por:

1 bibliotecário (usuário);

1 anotador;

1moderador;

Clientes (nesse caso são dois).

A configuração do ambiente de teste: Para a configuração desse ambiente vamos precisar de:

2 salas;

2 computadores;

2 mesas;

5 cadeiras;

1 microfone,

1 câmera.

layout_sul

Os usuários selecionados: Os usuários escolhidos para esse teste será um de cada setor:

Bibliotecário (Setor de processamento técnico);

Bibliotecário (Setor de referência).

 

Critérios e métricas de usabilidade:

tabela

As funcionalidades escolhidas (modo de execução):

 1-Emprestar Itens

Tarefa: Emprestar 5 livros em sequência;

Tempo: aproximadamente 3 minutos para a conclusão.

2- Adquirir Obra

Tarefa: aquisição de 3 livros e 4 periódicos;

Tempo: aproximadamente 8 minutos para a conclusão.

3- Cadastrar Obra no Acervo

Tarefa: cadastrar 4 livros e 3 revistas já adquiridos;

Tempo: aproximadamente 12 minutos para a conclusão de cada obra.

4- Gerar Carteirinha Usuários

Tarefa: cadastrar o usuário no sistema e gerar carteirinha;

Tempo: aproximadamente 7 minutos para a conclusão.

5- Catalogar Obra

Tarefa: catalogar 6 livros e 3 revistas;

Tempo: aproximadamente 6 minutos para a conclusão de cada obra.

 

As etapas detalhadas do teste:

Primeiro passo: Receber o usuário e posicioná-lo em frente ao seu computador;

Segundo passo: Entregar o material necessário, explicar como será feito o teste e responder as dúvidas;

Terceiro passo: Ao iniciar o teste o usuário dispara o cronômetro;

Quarto Passo: Acompanhar o teste e fazendo anotações e avaliando o desempenho do usuário de acordo com os critérios e métricas;

Quinto passo: Ao encerrar o teste o usuário para o cronômetro;

Sexto passo: Agradecer o usuário e dispensá-lo;

Sétimo passo: Para finalizar o Moderador e o Anotador podem  trocar informações à respeito do teste e juntos chegarem a uma conclusão sobre o teste realizado.

REFERÊNCIA:

Disponível em: <http://corais.org/sites/default/files/imagecache/imageboard_preview/layout_sul.png> acesso em: 10/mai, 23:00 horas.

Grupo 4 – Izabel

Este post se refere à atividade para o dia 11 de maio.

Planejamento de testes de usabilidade

Izabel
Fonte: (NOLDUS, 2006).

Propósito do teste: Analisar a interação dos bibliotecários com o sistema, para que se possa facilitar e otimizar os serviços de seleção e aquisição, processamento técnico e de circulação; visando detectar possíveis erros e inconsistências.

Equipe interna envolvida:

  • Moderador;
  • Participante;
  • 3 observadores (designer, desenvolvedor do software e responsável administrativo da Biblioteca).

Ambiente de teste: Constituído por duas salas, a sala de teste onde ficará o participante junto com o moderador. E a outra onde ficarão os três observadores, cada um com um notebook, e uma tela que transmite o que está ocorrendo na sala de teste.

Lab

Fonte: da Autora.

Usuários selecionados: Bibliotecários da Biblioteca Universitária Fictícia.

Critérios e métricas de usabilidade

Critérios

Sim

Não

Seleção e Aquisição

Controle Integrado do processo de seleção e aquisição
Integração dos dados de pré catalogação
Controle de fornecedores
Controles de editores
Identificação da modalidade de aquisição (doação, compra, permuta, depósito legal
Elaboração de lista de duplicatas
Controle da situação (status) do documento (encomendado, aguardando autorização, aguardando nota fiscal e etc.)
Controle do orçamento

Processamento Técnico

Compatibilidade dos campos AACR2
Consultas interativas (com remissivas) durante o cadastramento de um registro.
Possibilidade de duplicação de um registro para a inclusão de novas edições
Geração de etiquetas com código de barras
Atualização on-line

Circulação

Controle integrado do processo de empréstimo
Categorização de empréstimos (domiciliar, especial e empréstimos entre bibliotecas)
Cadastro de perfis de usuários
Definição automática de prazos e condições de empréstimo de acordo com o perfil do usuário
Emissão automático de e-mails  alertas
Aplicação de multas e suspensões com bloqueio automático de empréstimos
Possibilidade de pesquisar o status do documento
Realização de empréstimos, renovação e reserva on-line

Métricas

Satisfação do participante

Tempo de execução

Número de erros

Funcionalidades escolhidas e como elas deverão ser executadas no sistema

  • Cotar itens com fornecedor: O bibliotecário deve buscar as informações do fornecedor em questão para que possa contatar o mesmo.
  • Adquirir obra: Na opção de “Aquisição”, o bibliotecário deve solicitar os novos títulos com os fornecedores contatados e certificar que as obras sejam adquiridas.
  • Cadastrar obra no acervo: Na opção “Cadastrar Obra”, o participante deve preencher adequadamente os campos que devem ser compatíveis com a AACR2
  • Gerar carteirinha dos usuários: Ao cadastrar o usuário, o participante clica em Imprimir e a carteirinha é gerada numa impressora específica
  • Emprestar itens: O participante insere o número do código de barras do item e o cadastro e matrícula do usuário na opção “Solicitar Empréstimo”

Etapas detalhadas do teste

  1. O participante é recebido pelo moderador que explica como será o teste;
  2. Depois disso, o bibliotecário é dirigido ao laboratório, onde recebe as atividades para fazer;
  3. O moderador tira possíveis dúvidas antes do teste;
  4. Quando chega ao fim o teste, o participante deve responder a um questionário de satisfação;
  5. O controlador dá um brinde ao participante como agradecimento e dispensa-o;
  6. As informações são analisadas e transformadas em um relatório.

REFERÊNCIAS

CAFÉ, Ligia; SANTOS, Christophe dos; MACEDO, Flávia. Prposta de um método para escolha de software de automação de bibliotecas. Ci. Inf., Brasília, v. 30, n. 2, p. 70-79, maio/ago. 2001. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ci/v30n2/6213.pdf>. Acesso em: 6 maio 2016.

INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA. Questionário para avaliação de softwares. [Brasília], [200-?].

NOLDUS. Noldus Information Technology builds state-of-the-art user experience lab in Salzburg, Austria. [S.l.], 9 jun. c2006. Disponível em: <http://www.noldus.com/news/noldus-information-technology-builds-state-art-user-experience-lab-salzburg-austria>. Acesso em: 10 maio 2016.

Equipe 1 – Madeleine

Este post se refere à atividade para o dia 11 de maio.

Funcionalidades

  • Adquirir obra
  • Catalogar obra
  • Cadastrar obra do acervo
  • Emprestar itens
  • Gerar carteirinha usuários

Proposito do teste

Será aplicado um teste de verificação, com o proposito de mensurar a usabilidade das funcionalidades integradas em um software de automação de bibliotecas.

 Equipe interna envolvida

  •  Avaliador especializado em softwares de automação para bibliotecas
  •  Observadores bibliotecários e administradores da UI.

Configuração do ambiente de teste

Ambiente composto por duas salas. Um delas com o computador de teste e uma câmera focada no usuário.  A próxima sala, onde estará o avaliador e os observadores, é composta por um computador para monitoramento, que irá mostrar o que acontece na tela do computador de teste.

Usuários selecionados

  • Bibliotecários atuantes na aquisição, processamento técnico e atendimento ao usuário.

Critérios e métricas de usabilidade 

Aquisição Sim Não
Permite realizar o controle da situação (status) do documento (encomendado, aguardando autorização, aguardando nota fiscal, etc)?    
Permite identificação da modalidade de aquisição (doação, compra, permuta, depósito legal)?    
Permite realizar o controle de datas de recebimento do material adquirido?    
Permite realizar o controle de fornecedores?    
Processamento técnico (catalogação e cadastro da obra)           Sim Não
Controla o registro do material bibliográfico?    
Permite processamento de materiais especiais?    
    Obras raras    
    Periódicos    
Permite importação de dados de catálogos cooperativos on-line?    
Gera etiquetas com código de barras?    
Circulação (empréstimo e carteirinha de usuário) Sim Não
Permite a realização de um cadastro de perfis de usuários?    
Gera um código de barras para cada usuário?    
Possui um sistema de aplicação de multas?    
Possibilita a pesquisa sobre o status do documento (disponível, emprestado, em tratamento)?  

Funcionalidades escolhidas e como elas deverão ser executadas no sistema

  • Adquirir obra – o usuário deve-rá  cotar novos itens, na opção Novas aquisições.
  •  Catalogar obra – utilizar a opção Catalogação, inserir dados no MARC 21.
  •  Cadastrar obra do acervo – utilizar a opção Cadastro exemplar, inserir a quantidade de exemplares, a forma de aquisição, e cadastrar.
  •  Gerar carteirinha usuários – preencher as informações na  opção Cadastro,  e imprimir carteirinha.
  • Emprestar itens – Na opção Empréstimo, inserir o numero de cadastro do usuário, utilizar o leitor de código de barras, e emprestar a obra

Etapas detalhadas do teste

  • Elaboração do roteiro de teste
  • Três tipos de roteiros de teste, aplicado individualmente para o usuário e seu respectivo setor: Aquisição, Processamento Técnico e Circulação
  • Organização das salas
  • Orientar os usuários sobre o teste, as tarefas à serem desempenhadas
  • Posicionar o usuário e iniciar o teste
  • Monitoramento do tempo de cada tarefa, anotações e analises.
  • Encerramento do teste
  • Agradecer ao usuário e dispensá-lo
  • Posicionar o próximo usuário e iniciar o próximo teste

 

 REFERÊNCIAS

CAFE, Lígia; SANTOS, Christophe Dos  and  MACEDO, Flávia. Proposta de um método para escolha de software de automação de bibliotecas. Ci. Inf. [online]. 2001, vol.30, n.2, p.70-79. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/ci/v30n2/6213.pdf>. Acesso em: 09 maio 2016.

 

Grupo 5 – Jonara de Almeida

Esse post é referente à Etapa 3 atividade 1 do dia 11/05/2016.

 

PLANEJAMENTO DE TESTES DE USABILIDADE

usabilidade

A finalidade deste teste será para avaliar o uso do Software Biblivre, com o objetivo de, após testado e aprovado, implementar em uma biblioteca pertencente a uma ONG que atende crianças e adolescentes. O que se pretende testar é se o software é de fácil utilização e se atende às funcionalidades escolhidas pela instituição.

 

EQUIPE INTERNA ENVOLVIDA

A equipe interna envolvida para desempenhar o teste será composta por:

  • 01 Moderador: responsável pelo procedimento e o decorrer do teste.
  • 03 Observadores: para assistirem o teste dar seu feedback.
  • 01 Participante: executará o teste.

 

CONFIGURAÇÃO DO AMBIENTE DO TESTE

image005

Já a configuração do ambiente do teste estará caracterizada da seguinte forma, o participante terá e estará à frente de um computador preparado e equipado para a realização do teste, com as cinco funcionalidades previamente escolhidas para desempenhar, logo atrás sentados ficará o primeiro, o segundo e o terceiro observador analisando o desempenho do participante, já na sala ao lado ficará o moderador em frente ao seu computador assistindo e analisado o procedimento do decorrer do teste.  O teste será gravado e estará sendo passado simultaneamente para o mediador.

 

OS USUÁRIOS SELECIONADOS

Serão selecionados três usuários, sendo eles:

  • O Bibliotecário Gestor: responsável pela gerência da biblioteca.
  • O Bibliotecário Adjunto: que juntamente com o bibliotecário gestor está a frente das tomadas de decisões.
  • O Bibliotecário Auxiliar: responsável pelo processamento técnico e referência da biblioteca.

 

CRITÉRIOS E MÉTRICAS DE USABILIDADE

CRITÉRIOS E MÉTRICAS DE USABILIDADE SIM  NÃO
Possui um sistema de aplicação de multas?/
 Permite a realização de um cadastro de perfis de usuários?
Possibilita a pesquisa sobre o status do documento (por exemplo: disponível, emprestado, em tratamento)?
 Permite a realização de empréstimo, renovação e reserva on-line?
Permite a realização de suspensões com bloqueio automático de usuários?
É fácil aprender a usar?
É fácil de operar e controlar?
Possui um programa de treinamento?

 

AS FUNCIONALIDADES ESCOLHIDAS E COMO ELAS DEVERÃO SER EXECUTADAS NO SISTEMA

  • Adquirir Obra: O participante deverá ser capaz de adquirir uma obra.
  • Catalogar Obra: Após a aquisição da obra, catalogar a mesma.
  • Emprestar Itens: Efetuar o empréstimo respeitando a quantidade e o período de disponibilidade para cada tipo de obra e usuário.
  • Gerar Carteirinha (usuários): Efetuar a carteirinha para um novo usuário.
  • Gerenciar Relatórios Internos de Funcionalidades: Gerar relatório interno.

 

AS ETAPAS DETALHADAS DO TESTE

1º ) Primeiro lugar preparar o cenário para aplicação do teste,

2º) receber o participante dando-lhe as instruções necessárias para a realização,

3º) após a execução,

4º) parte para analise dos resultados que será imediatamente após a finalização do teste.

 

REFERÊNCIAS:

Disponível em:<https://www.google.com.br/search?q=cenario+teste+de+usabilidade&espv=2&biw=1366&bih=643&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwi1-9jIptHMAhUKD5AKHZuFD9gQ_AUIBigB#imgrc=MsH8w_Tfo1yYgM%3A&gt;. Acessado em: 10 de maio de 2016.

Disponível em:<http://mercedessanchez.com.br/servicos/benchmarking/&gt;. Acessado em: 10 de maio de 2016.

Disponível em:<https://www.google.com.br/search?q=cenario+teste+de+usabilidade&espv=2&biw=1366&bih=643&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwi1-9jIptHMAhUKD5AKHZuFD9gQ_AUIBigB#tbm=isch&q=laboratorios+para+teste+de+usabilidade&imgrc=8SL8CHCXb50TIM%3A&gt;. Acessado em: 10 de maio de 2016.

Grupo 4 – Jackson

Este post se refere à atividade para o dia 11 de maio.

Planejamento de teste de usabilidade

Imagem 1 – Teste de Usabilidade.

JACKSON

Fonte: (PICHIALINI, 2014).

Propósito do teste:

Avaliar se o software satisfaz os objetivos desejados da Biblioteca Universitária Fictícia, verificando se há requisitos necessários para atender as funcionalidades selecionadas.

Equipe interna envolvida:

  • Moderador;
  • Participantes (bibliotecários);
  • 2 observadores (programador do software e responsável administrativo da Biblioteca).

Ambiente de teste:

Composto por duas salas.

  • Sala de teste – Tem um computador para o participante e outro para o moderador visualizar as atividades que ele executa.
  • Sala de observação – Possui um computador que transmite o som e as imagens captados pelas câmeras de vídeo da sala de teste.

Imagem 2 – Laboratório de Teste.

LABORATÓRIO DE TESTE 2D JACKSON

Fonte: Elaborado pelo Autor.

Imagem 3 – Laboratória de Teste 3D.

Lab 3D

Fonte: Elaborado pelo Autor.

Usuários selecionados:

Bibliotecários da Biblioteca.

Critérios e métricas de usabilidade

Critérios

Sim

Não

Gerais

Permite o acesso via Internet?

Permite a instalação em mais de uma máquina?
Permite o acesso simultâneo de usuários?
Permite a integração das funções da biblioteca?
Possui a capacidade de ordenar e classificar os documentos recuperados por: assunto, autor, título, data, tipo de documento?

Permite refinamento de busca?

Emprestar itens

   

Possui um sistema de aplicação de multas?

Permite a realização de um cadastro de perfis de usuários?
Possibilita a pesquisa sobre o status do documento?

Permite a realização de empréstimo, renovação e reserva on-line?

Adquirir obra

   

Permite realizar o controle de fornecedores?

Permite a identificação da modalidade de aquisição?

Cadastrar obra no acervo

   

Controla o registro do material bibliográfico?

Permite a inclusão de novos exemplares em um mesmo título?

Catalogar obra

Possui compatibilidade dos campos com AACR2 (nível 2)?

Permite a construção de lista de autoridades?

Utilizado o MARC 21?

Métricas

Tempo de execução

Tarefas completadas

Número de erros

Satisfação subjetiva

Funcionalidades escolhidas e como elas deverão ser executadas no sistema

  • Emprestar Itens – O participante deve clicar em Solicitar Empréstimo, inserir a matrícula e senha do usuário e o número do código de barras do item a ser emprestado, finalizando o empréstimo.
  • Adquirir obra – Na opção Aquisição, o participante clicará em Solicitar, enviando um e-mail aos fornecedores com os títulos requeridos. Depois verificará se o requerimento foi efetuado.
  • Cadastrar obra no acervo – Em Cadastro, o participante clica em Inserir Novo Título, e preenche a planilha de cadastro corretamente.
  • Catalogar obra – Durante o cadastro, o participante já cataloga a obra, colocando as informações nos seus respectivos campos do MARC.
  • Compartilhar Registros da Base de Dados com outra U.I. – Todo registro feito é compartilhado automaticamente com outras U.I. que utilizam o software testado.

Etapas detalhadas do teste:

  1. O moderador recebe o participante e explica-lhe como será aplicado o teste;
  2. O participante é levado ao laboratório, onde recebe o roteiro de atividades a serem executadas;
  3. O moderador solicita ao participante que utilize o sistema à vontade por cinco minutos, esclarecendo dúvidas sobre o sistema somente nesse período;
  4. Ao final do teste, o participante deve responder a um questionário de satisfação.
  5. O moderador agradece ao participante e se despede.
  6. As considerações dos observadores e moderador são coletadas e analisadas para a geração de um relatório.

REFERÊNCIAS

CAFÉ, Ligia; SANTOS, Christophe dos; MACEDO, Flávia. Prposta de um método para escolha de software de automação de bibliotecas. Ci. Inf., Brasília, v. 30, n. 2, p. 70-79, maio/ago. 2001. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ci/v30n2/6213.pdf>. Acesso em: 5 maio 2016.

INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA. Questionário para avaliação de softwares. [Brasília], [200-?].

PICHILIANI, Mauro. Experimento com desenvolvedores Android, Blog do Mauro Pichiliani. [S.l.], 5 maio 2014. Disponível em:
<http://pichiliani.com.br/2014/11/experimento-com-desenvolvedores-android/>. Acesso em: 7 maio 2016.

Grupo 2 – Sylvia

Etapa 3 – Atividade 1 – referente ao dia 11/05

O proposito do teste é conhecer as necessidades e demandas diárias desta unidade de informação fictícia. Assim analisando como os usuários iram lidar testando as funcionalidades disponíveis na interface do software. Para a elaboração deste teste do software, existe uma equipe interna responsável, composta por: Técnico em TI, Bibliotecário gestor, Auxiliar de biblioteca e Técnico administrativo. 

A unidade de informação que será realizado o teste é uma biblioteca universitária, onde existem diversos setores de diferentes funções, mas que são interligadas pelas demandas da unidade. Existindo dentro de cada setor, salas para a elaboração das atividades internas da unidade e salas para as atividades de interação com os usuários. Na sala de interação para uso do teste do software com os usuários, que fica localiza no setor de aquisição, existe computadores com o software instalado, mesas, cadeiras e instantes com as obras que são trabalhadas no setor. Os usuários selecionados para o teste são: bibliotecários e estagiários  que trabalham no setor.

Critérios e métricas de usabilidade Sim Não
Permite a integração das funções da biblioteca como: Cadastro, Catalogação, Empréstimo?     
Possui atualização de dados on-line?    
Contém cadastro de unidades que possa realizar troca de registros com bancos de dados?    
Possui um sistema de aplicação de multas?    
Permite a realização de um cadastro de perfis de usuários?    
Permite a categorização de empréstimo domiciliar, especial e empréstimo entre bibliotecas?    
Possibilita a pesquisa sobre o status do documento (por exemplo: disponível, emprestado, em tratamento)?    
Permite a realização de empréstimo, renovação e reserva on-line?    
É fácil aprender a usar?    
Apresenta erros?    
Possui rapidez nas buscas realizadas?  

5 funcionalidades a serem testadas:

  • Cadastrar Obra no Acervo: o bibliotecário ou seu estagiário recebem as obras no setor de aquisição onde devem usar o software para registrar com rapidez as informações da obra; 
  • Catalogar Obra: Após a obra ser cadastrada no software o bibliotecário ou o estagiário fazem o processo de catalogação pela DCU no software que deve possuir formato MARC21;
  • Gerar Carteirinha Usuários: o bibliotecário deve no primeiro atendimento do usuário realizar um cadastro com as informações do mesmo para que possa geral uma carteirinha de usuário da unidade;
  • Emprestar Itens: Após as obras estarem cadastradas e catalogas no software são disponibilizadas no acervo, assim podendo serem emprestadas de forma externa para os usuários que possuem carteirinha de usuário da biblioteca; 
  • Compartilhar Registros da Base de Dados com outra U.I.: O bibliotecário deve manter as informações do acervo sempre bem atualizadas no sistema, para obter uma troca de informações com outras unidades, para por exemplo: não necessitar realizar catalogação de uma obra que já foi cataloga pela outra instituição. 

Etapas detalhadas do Teste:

  • Certificar antes da aplicação do teste que os computadores estão funcionando e o software está instalado;
  • Explicar quais as funcionalidades o software possui;
  • Deixar que o usuário (Bibliotecário neste caso) usar o software;
  • Analisar quanto tempo foi necessário para que realizasse cada tarefa; 
  • Anotar o que o usuário gostou ou não do funcionamento do software; 
  • Dispensar o usuário e agradece-lo.

 

Grupo 1 – Rosane Pinho

Atividade 1_Etapa 3 – Atividade do dia 04 de Maio de 2016.

Funcionalidades escolhidas:

  • Adquirir Obra
  • Cadastrar Obra no Acervo
  • Gerar Carteirinha Usuários
  • Gerenciar Relatórios Internos de Funcionamento
  • Catalogar Obra.

Propósito do teste medir efetividade e a satisfação do usuário quanto as funcionalidades do site.

Ambiente de realização do teste de usabilidade foi pelo site da Biblioteca Escola (fictícia). A avaliação será feita numa sala de ambiente físico com computadores individuais para cada usuário, onde terão acesso à internet.

Equipe interna envolvida

  • Usuários (estudantes de Biblioteconomia),
  • Um analista-programador,
  • Bibliotecário.Critérios e métricas de usabilidade
    Tamanho  da fonte e adequado Sim Não
    Rodapé segue os padrões da ABNT
    O layout é intuitivo?
    As funcionalidades de acessibilidade satisfazem o usuário?
    O sistema é integrado com outros dispositivos além do PC (Mobile, Tablets, etc)?
    Os links funcionam corretamente?
    O site é bem alimentado de informações (possui um acervo satisfatório)?
    Permite a visualização de texto de forma integral?
    O tempo de resposta é satisfatório?
    Possui a função de backup automático?

    Tarefas  para os usuários:

    • Cadastrar usuário,
    • Fazer buscas sobre obras,
    • Montar uma estante virtual,
    • Gerar relatórios,
    • Catalogar uma obra.

    Realização  do teste:

    O teste será realizado em uma sala/laboratório alocada na UFSC com alunos da biblioteconomia com qualquer nível de conhecimento de computadores. Para desempenhar as tarefas, serão criados logins de acesso que darão os privilégios necessários.
    O site já estará online e cada usuário deverá completar suas tarefas de forma individual. As instruções, que serão passadas por meio de slides em um projetor, são:

    Cadastrar  usuário,

    Para essa tarefa, o tester deverá acessar a área de cadastro de usuários e preencher com os dados do novo usuário de forma correta. Se obtiver sucesso, o sistema informará que o novo usuário foi adicionado com sucesso a base de dados, caso contrário o sistema avisará de um possível erro no preenchimento dos dados.

    Fazer buscas sobre obras,

    O aluno receberá uma pilha de 5 livros (que constam na base de dados do sistema) de diferentes autores e áreas. Ele deverá acessar a área de busca e preencher os campos da melhor forma possível.

    Catalogar uma obra.

    Para esta tarefa, o aluno utilizará a mesma pilha de livros. O aluno deverá cadastrar esses livros com o prefixo “[teste]”. Ele deverá acessar a área de catalogação e então preencher com os dados dos livros.

    Montar uma estante virtual,

    O aluno deverá planejar uma estante de biblioteca dentro do sistema. Para tal, na área de “montagem de estante”, ele deverá configurar o tamanho e espaço da estante e depois buscará livros (escolhas livres) para adicionar ao seu inventário. Após a seleção, ele deverá arrastar os ícones gráficos que representam os livros selecionados aos slots vazios da estante virtual. Ele poderá a qualquer momento retirar ou buscar e adicionar mais livros ao seu inventário. Ao finalizar a montagem, o sistema gera uma imagem da estante simulada.

    Gerar relatórios,

    Na geração de relatórios, o aluno receberá uma pergunta (relacionada a biblioteca) e deverá escolher uma das ferramentas de relatório disponível no site (de preferência a que melhor se adeque a suas necessidades) e então customizar de forma que retorne dados satisfatórios. O site oferece um acompanhamento de entrada e saída de obras, Inventário, acompanhamento de atividades de usuários, finanças e burocráticos.

    Avaliação:

    Cada usuário desempenharão as tarefas indicadas e na sequência responderão o questionário com suas experiências.  No próximo passo o analista-programador juntamente com o bibliotecário farão a análise dos dados obtidos e tomarão decisões de negócios (corrigir erros, melhoramento, retirar opções). Por fim, o analista-programador irá planejar a próxima etapa de melhoramento do site (organizar tarefas, codificar).

Grupo 2 – Emmanuel

Etapa 3 – Atividade 1– Planejamento de Testes de Usabilidade

images (2)

Escolher 5 funcionalidades

Gerenciar Relatórios Internos de Funcionamento

Adquirir Obra

Cadastrar Obra no Acervo

Catalogar Obra

Emprestar Ítem

Planeje  teste de usabilidade

O propósito do teste

Fazer  avaliação no sistema Pergamun do processamento de itens colocados no acervo (livros), desde a sua indicação, aquisição, cadastro,  seu processamento técnico até a recuperação da informação pelo usuário, dentro de uma Biblioteca Universitária.

 

pergamum-new

A equipe interna envolvida

01 Bibliotecário moderador

01 Bibliotecário observador

01 Bibliotecário do Processamento Técnico observador

01 Técnico TI Observador

 

p_usabilidade2

 

Configuração do ambiente  teste

Imagem 1

Imagem 2

Usuário Selecionado

Bibliotecário Usuárioconhecimento e experiência prévia, capacidade de verbalizar o que está fazendo.

Critérios e métricas

Teste de verificação/certificação  e performance do software Pergamum, com o intuito de verificar se o software satisfaz os objetivos desejados, bem como se possui os padrões de usabilidade especificados no início do projeto desde a entrada no software até a recuperação da informação pelo usuário. Efetuado através de formulário com perguntas para respostas Sim ou Não.

Operacionalidade: se o bibliotecário começou e terminou a tarefa estipulada? se houveram erros?, se necessitou ajuda?, soube operacionalizar o software?;

Interatividade: as interfaces são leves e intuitivas?;

Funcionalidade: evita acesso não autorizado?, mostra progresso das operações?, tem hierarquias claras?, conseguiu finalizar a tarefa?, quanto tempo demorou para a tarefa? satisfaz às necessidades?

Eficiência: velocidade com que executa as operações?

Confiabilidade: é livre de falhas?

Número de Passos:  o usuário conseguiu seguir os passos sugeridos pelo material do teste adequadamente?

Número de Acessos: conforme roteiro elaborado pelo moderador o usuário fez “n” acessos ao software?, foi verificado se todas estas “n” vezes houve conformidade?

Satisfação subjetiva: verificada pela observação da gravação do teste, bem como pela observação direta do moderador e observadores de determinadas reações e comportamentos do usuário participante

curso-usabilidade

As funcionalidades escolhidas e como elas deverão ser executadas no sistema

Sem título

sala de testes

 

As etapas detalhadas do teste

Antes do teste: Elaborar roteiro, imprimir, fazer fichas individuais de tarefas compreendendo as 05 funcionalidades estipuladas no início do projeto para o usuário, verificar materiais para observadores e moderador, verificar ambiente físico e equipamentos e planejar o teste piloto verificando um tempo ideal para cada sessão e estipular na ficha da tarefa, bem como para solicitações de dúvidas eventuais e erros.

Ao início da tarefa deve fazer orientações ao usuário, deixá-lo à vontade, não induzir e interferir na tarefa. Indicar as câmeras, microfone, pedir para assinar termo de consentimento.

Durante a tarefa deve verificar e apontar as reações do usuário. Verificar se as tarefas foram compreendidas. Os observadores devem se posicionar de forma a ver a projeção da tela do usuário, evitando comentários e conversas.

Para cada tarefa específica deverá ser entregue a ficha individual da tarefa com o passo-a-passo indicativo de acordo com as funcionalidades escolhidas para serem executadas no sistema, dar início à cronometragem, acompanhar o teste colhendo as impressões e quando o usuário disser que finalizou parar o cronômetro, encerrar a atividade e, assim por diante preparar nova sessão até todas atividades serem executadas.

Agradecer a participação do usuário e dispensá-lo.

Facebook