Grupo 06- Ana Carolina Sanches.

Este Post é Referente a Etapa 2, atividade do dia 04 de maio de 2016.

Atividade 1. Escolha um dos setores abaixo, considerando que os mesmos fazem parte de uma Unidade de Informação:

4- Setor de Aquisição.

Atividade 1. Escreva um parágrafo explicando o cenário escolhido (setor + atores + funcionalidades).

Setor de Aquisição: O (diretor ou Representante) para a compra de materiais bibliográficos,  deverá possuir o recurso financeiro para dar andamento no processo de aquisição de materiais e verificar no acervo da Biblioteca a existência ou não da obra e o número de exemplares existentes.

O (Bibliotecário) irá preencher a planilha de solicitação de materiais bibliográficos, fornecendo os dados desejados para o Editor (fornecedor) com o autor, o titulo, o ano, a edição, a quantidade de exemplares, o ISBN (de preferencia com 13 dígitos), o preço unitário e o preço total, a página da Web e a data da pesquisa. O (Diretor ou Representante) solicitará transferência do recurso financeiro da unidade que disponibilizara o recurso  para a biblioteca. O (Bibliotecário) irá fazer o processamento técnico, físico e disponibiliza-lo informado ao (Diretor ou Representante) a chegada do material.

Quando o material é doado por qualquer instituição ou por um (Doador) ele receberá dois carimbos, um para identificar a doação na ultima página do livro e outro que levará o nome da instituição ou ainda o (Doador) deverá preencher um formulário “Lista de Materiais Disponíveis para Doação” e enviar e-mail de volta  para a Instituição.

O (Usuário) irá consultar catálogos online, fazer reservas de materiais, renovar materiais, consultar pendencias e débitos, históricos de empréstimos e pesquisas, salvar pesquisas, exportar referências e enviar pesquisas por e-mail.

Fonte:<porteiras.r.unipampa.edu.br/portais/sisbi/aquisição/>.

Fluxograma-Montagem-do-Pedido-Bibliográfico1
Fluxograma para montagem de pedido Bibliográfico.

Atividade 1. Represente o cenário escolhido sob a forma de sistema e de subsistemas.

modelo: sistemas e subsistemas:

Modelo S.

Atividade 2. Modelar no VioletUML um Diagrama de Casos de Uso que represente o cenário escolhido.

PAPEL DE PAREDE EXCELL PONTE

 

Referências:

Universidade Federal do Paraná Sistemas de Bibliotecas. Disponível em: <www.portal.ufpr.br/procedimento_aquisicao_livros.pdf>. Acesso em: 01 de abr. 2016.

Sistemas de Bibliotecas. Disponível em: <wp.ufpel.edu.br/sisbi/coordenacao-3/equipe/setor-de-aquisicao/>. Acesso em: 01 abr. 2016.

Procedimentos para aquisição de livros- Universidade Federal de Santa Catarina. Disponível em: <www.portal.ufpr.br/procedimento_aquisicao_livros.pdf>. Acesso em: 01 de abr. 2016.

Anúncios

Grupo 1 – Aline Viani Brito

 Atividade 2_Etapa_Individual – Atividade do dia 4 de Maio de 2016 

5 Atores

1) Usuários que fazem os pedidos e sugestões de compra, são eles os alunos, professores e comunidade no geral

2) Responsável financeira, para analisar os pedidos de compra, orçar, negociar com empresas e fechar o pregão (sistema de compra adotado pela unidade de informação pensada).

3) Fornecedor, é a empresa terceirizada responsável por fechar o pregão com as editoras, empresas de mobiliário e materiais no geral.

4) Transportadora, empresa terceirizada responsável por todo o transporte e montagem de materiais quando necessário.

5) BibliotecárioS, responsável pelo pedido de compra ou permuta.

10 Funcionalidades

Comprar

Permutar

Analisar (as sugestões dos usuários)

Direcionar (os pedidos para o setor de finanças e ao tratamento técnico)

Solicitar

Orçar

Disponibilizar (para os usuários)

Conferir (se os matérias solicitados estão de acordo na hora da entrega)

Prestar Contas

Distribuir (relacionado ao transporte dos materiais)

Parágrafo explicativo

O cenário escolhido foi uma biblioteca escolar, onde o setor de aquisição tem um enfoque maior para nós, o setor tem como missão atender as demandas dos usuários a fim de proporcionar uma boa usabilidade dos materiais e serviços da biblioteca, possibilitando o ensino aprendizagem. Temos os atores usuários, os quais se dividem em alunos, professores e comunidade no geral, tendo esse último um enfoque nos pais dos alunos e bibliotecas parceiras da escola, possibilitando a permuta entre materiais. Os bibliotecários responsáveis pelo recebimento dos pedidos e sugestões de compra, vindo dos professores e alunos respectivamente; o financeiro terá papel importante, viabilizando os pedidos feitos pelos bibliotecários ou não, fechando parceria com outros atores que são os fornecedores que por sua vez tem contato direto com a transportadora.

Modelo de subsistemas 

Modelo_susistemas_Aline

 

Diagrama de casos de uso 

Casos_de_uso_aline

 

Aline Viani Brito

Link da imagem_Modelo de subsistemas Modelo Sistemas-Subsistemas (1)

 

 

Genilson Geraldo – Grupo 06

Referente a atividade II – Websites de Bibliotecas – II Etapa do Projeto de Informatização – 27/04/2016.

Software-Quality-Assurance-635x294

Fonte: www.matera.com

SETOR DE AVALIAÇÃO INTERNA DE QUALIDADE

Testes de usabilidade em uma biblioteca especializada

projeto-de-interfaces-aula-02-20-728

Fonte: Projeto Interface

Atores:

  • Bibliotecário Chefe
  • Auditor de qualidade
  • Analista de Usabilidade
  • Moderador
  • Usuários

 

Funcionalidades Essenciais na Unidade de Informação:

  • Supervisionar o trabalho desenvolvido no setor
  • Revisar as políticas e procedimentos de auditória
  • Garantir a conformidade com os padrões de planejamento
  • Garantir relatórios precisos, claros, concisos e oportunos
  • Monitorar auditoria de qualidade
  • Estipular testes de qualidade
  • Disponibilizar indicativos para os testes de qualidade
  • Planejar execução de testes de qualidade
  • Executar testes de qualidade
  • Fornecer relatórios parciais e Final dos testes aplicados

 

Breve cenário escolhido:

A avaliação interna de qualidade compreende duas partes relacionadas entre si: o monitoramento contínuo e a auto avaliação periódica.

O setor de avaliação interna de qualidade da biblioteca especializada é composto pelo bibliotecário chefe do setor, que tem responsabilidade de supervisionar as auditórias internas, tendo como funcionalidades essenciais: revisar as políticas e procedimentos de auditoria usados em cada projeto de auditória, para garantir a conformidade com os padrões de planejamento, desempenho e comunicação; garantir que as conclusões e recomendações foram reveladas com base em evidências relevantes e suficientes; garantir que os relatórios foram precisos, objetivos, claros, concisos e oportunos.

Outra função do setor é o Auditor de qualidade, que é responsável por auditar processos internos dos departamentos da biblioteca física e digital, monitorando os programas de auditoria interna dos sistemas e estipular os testes e procedimentos relacionados com a qualidade.

Faz parte do setor também o Analista de Usabilidade, que tem como funções essenciais: Aplica os princípios de usabilidade e de pesquisa para facilitar o entendimento do usuário e identificar problemas em navegações de sites; planeja a execução dos testes, mede resultados, investiga e resolve questões de experiência do usuário por meio de avaliação e teste.

Outra função é o Moderador, que tem como funções essenciais, aplicar os testes, auxiliar, orientar, responsável pela produção dos relatórios parciais e acompanha em tempo real a execução dos testes em si com o usuário.

Enfim, os Usuários que tem como função essencial, experimentar, avaliar e dar feedback dos testes de usabilidade aplicados.

benchmarking_01

Fonte:  mercedessanchez.com.br

 

Esquema de Sistemas e Subsistemas:

Sistemas e Subsistemas

Fonte: Modelo – Moisés Lima Dutra

Melhor Visualização

 

DIAGRAMA DE CASO DE USO:

Bibliotecário Chefe Supervisiona, revisa e fornece coordenadas para o projeto de avaliação de qualidade, monitora as a execução dos testes de qualidades e ocasionalmente exerce as funções do auditor.

Auditor de qualidade, estipula e coordena os testes de qualidades; ocasionalmente exerce as funções do moderador.

Analista de Usabilidade, planeja a execução dos testes de qualidades; exerce e também monitora as funções do moderador.

Moderador aplica testes de qualidades;

Usuários, fornecem feedback do sistema experimentado, avaliam a eficácia e fornecem tempo de execução das tarefas aplicada.

 

Diagrama CasodeUso Usabilidade

 

Fonte: Autor

Melhor visualização

REFERÊNCIAS:

NIELSEN, Jakob; LORANGER, Hoa. Usabilidade na Web. 3. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007. 405 p. Tradução de Edson Furmankiewicz.

 

Grupo 2 – Emmanuel

Etapa 2 – Atividade 2  – 27/04/2016

 

images

Atividade 1 – Modelagem de Sistema e Subsistema

Local hipotético – Biblioteca Universitária – Setor de Aquisição

 

ATORES

Usuários

Professores

Bibliotecário

Bibliotecário Técnico

Vendedor

Distribuidor

download

FUNCIONALIDADES ESSENCIAIS

Gerenciamento do processo

Elaboração do edital

Elaboração de lista de indicação de livros dos professores e usuários

Manter arquivo de catálogos e especificações de materiais

Análise de cotações de preços

Verificação de custos

Elaboração e conferência de requisições de compras

Análise de catálogo de materiais

Entrevista e contato com vendedores

Negócios com vendedores

Registro de estoque e consumo

Acompanhamento de distribuidor

 

download (1)

Parágrafo Explicativo do cenário escolhido

 

A situação de passa em uma Biblioteca Universitária hipotética. Primeiramente através de relatório que informa quais livros que são sugeridos pelos professores e usuários em geral, resolve-se fazer um edital para aquisição de compra de livros para o acervo.O setor de aquisição da biblioteca verifica os pedidos de livros para aumentar o seu acervo. O bibliotecário técnico verifica as estuda e faz as especificações dos materiais dos livros, através de especificações constantes nos catálogos, determinando quais serão as especificações dos materiais a serem adquiridos. O bibliotecário responsável pela biblioteca vai gerenciar a compra, desde o edital até a compra efetuada. O bibliotecário faz a lista do nome dos livros sugeridos, selecionando quais os livros que vai adquirir, fazendo as requisições de compra. Com as requisições de compra em mão o responsável por essa função começa a negociar a compra dos livros e acompanha até o recebimento dos livros. Dentro desta negociação ele tem que verificar os curtos, estando atento ao valor e fazendo o lançamento total dos custos. Depois de ter as cotações de valor em mãos ele começa a contatar os vendedores até a hora da emissão dos notas de compra. Depois dos livros comprados é verificado que vai distribuir os livros e entregá-los na biblioteca, onde se terá o estoque de livros a serem feitos os procedimentos técnicos antes de ir para o acervo.

planejamento-da-biblioteca-13-728

 

Represente o cenário escolhido sob a forma de sistema e de subsistemas

Cenário escolhido   Setor de Aquisição de uma Biblioteca Universitária, sob a forma de sistema e de subsistemas

sistema e subsistema

 

Atividade 2 – Diagrama de Casos de Uso

Gerar uma figura do modelo e incluí-la no post da atividade

O diagrama deverá conter relações do tipo “Include” e “Extend” e relações do tipo Generalização/Especialização entre dois atores e também entre dois casos de uso

 

diagrama de uso Emmanuel

 

Grupo 5 – Jonara de Almeida – Líder 2ª Etapa

PROJETO INFORMATIZAÇÃO ETAPA 2

ATIVIDADE – 1 AVALIAÇÃO DE WEBSITES DE BIBLIOTECAS

 

  • Critérios de Usabilidade
CRITÉRIO USABILIDADE WEBSITE BIBLIOTECA DIGITAL MUNDIAL WEBSITE BIBLIOTECA PÚBLICA DE BOSTON
NAVEGABILIDADE Boa Ruim
HÁ BOTÕES DE RETORNO Sim Não
CORES DOS LINKS Preto, branco e azul Preto, branco e azul
TAMANHO DO TEXTO Curto Longo
ACESSIBILIDADE Segue as normas WCAG 2.0 da W3C Não
TELAS SÃO LIMPAS OU CARREGADAS Limpas Carregadas

 

INTERFACE É INTUITIVA Sim Não
 INTERNACIONALIZAÇÃO 7  idiomas Não
É POSSÍVEL SELECIONAR TEXTOS? Sim Sim
BARRA DE ROLAGEM (SCROLL BAR)  

Possui

 

Possui
INFORMAÇÕES SOBRE OS OBJETIVOS DO WEBSITE  Sim Sim
 INFORMAÇÕES SOBRE O        ACERVO  Possui  Possui
TUTORIAIS DE NAVEGAÇÃO Possui Não
MAPA DO SITE Não Não
ÁREA DE PERGUNTAS E RESPOSTAS MAIS FREQUENTES (FAQ) Disponibiliza Disponibiliza
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO ATENDIMENTO AO USUÁRIO Não Apresenta
HIERARQUIAS CLARAS Não Não
REGRAS GERAIS DE ACESSO Não Não
POSSIBILIDADE DE PESQUISA ONLINE MAIS SIMPLES (GERAL) E PARA USUÁRIOS MAIS ESPECIALIZADOS (AVANÇADA) Possui Possui
LEGIBILIDADE DE GRÁFICOS ESTATÍSTICOS E OUTRAS IMAGENS Legível Legível
 EXPRESSÕES DO TIPO “CLIQUE AQUI” Não Sim
ANIMAÇÕES QUE TORNEM LENTO O ACESSO AS PÁGINAS Não Não
RECURSOS GRÁFICOS QUE DIFICULTEM A IMPRESSÃO DE TEXTOS Não Não
SALAS DE CHAT Não Não
“DEAD LINKS” Não Não
ENDEREÇOS DA EQUIPE DE CONTATO PARA A RETIRADA DE DÚVIDAS Possui  Possui
GLOSSÁRIO DE TERMOS Não Não
POSSIBILIDADE DE DOWNLOAD DE DOCUMENTOS INSTITUCIONAIS Sim Sim
TEXTOS LONGOS E USO INDISCRIMINADO DE IMAGENS  Textos curtos Textos longos
PRECISÃO GRAMATICAL E TIPOGRÁFICA  Boa Boa

 

ATIVIDADE  2 – SUGESTÃO DE MELHORIAS

boston-public-library-reading-room-empty

SUGESTÕES DE MELHORIAS PARA WEBSITE 02 –

 BIBLIOTECA PÚBLICA DE BOSTON

1 INTERNACIONALIZAÇÃO Tradução para outros idiomas
2 BOTÃO DE RETORNO Poder voltar à página inicial
3 MAPA DO SITE Indicando o conteúdo
4 TAMANHO DA FONTE Aumentar para uma melhor visualização dos usuários
5 DESTAQUE PARA AS CATEGORIAS Estabelecendo uma maior diferença entre as categorias e os subtópicos
6 TEXTOS MAIS CURTOS Menos cansativo e mais objetivo
7 SALA DE CHAT Interação entre bibliotecário e usuário
8 ACESSIBILIDADE NO SITE Cumprir com as normas de acessibilidade de conteúdo de website WCAG 2.0 da W3C
9 MELHOR UTILIZAÇÃO DO ESPAÇO Layout centralizado
10 TUTORIAL DE NAVEGAÇÃO Maior exploração do site

 

BDM

SUGESTÕES DE MELHORIAS WEBSITE 01-

BIBLIOTECA DIGITAL MUNDIAL

1 MAPA DO SITE Indicação de conteúdo
2 SALA DE CHAT Interação entre bibliotecário e usuário
3 GLOSSÁRIO DE TERMOS Para facilitar o entendimento de termos
4 MUDAR POSICIONAMENTO DAS CATEGORIAS Para parte superior
5 CRIAR FACEBOOK Divulgação da BDM
6 PERSONALIZAR COR Possibilidade de mudar as cores do site
7 JOGOS INTERATIVOS Assimilar o conteúdo
8 NOVA CATEGORIA Categoria de novidades
9 ITERPRETE EM LIBRAS Guia com informações em libras
10 OPÇÃO DE CADASTRO Receber novidades via e-mail

 

A primeira atividade da segunda etapa foi realizada individualmente, nenhuma dificuldade foi apresentada pelos integrantes do grupo.

Na segunda etapa, em geral, houve uma maior dificuldades em relação à atividade modelagem de sistemas e subsistemas.

Nessa segunda etapa o grupo esteve mais entrosado, prestativo e interagindo mais.

 

REFERÊNCIAS: 

Disponível em:< http://www.bpl.org/>Acessado em: 01 de maio de 2016.

Disponível em:<https://www.wdl.org/pt/> Acessado em: 01 de maio de 2016.

DUTRA, Moisés Lima. Usabilidade. Florianópolis, 2016.

Disponível em:<https://www.google.com.br/search?q=biblioteca+publica+de+boston&biw=1366&bih=599&tbm=isch&tbo=u&source=univ&sa=X&sqi=2&ved=0ahUKEwijj6jIwb7MAhUHk5AKHd4mDwIQsAQIIQ&dpr=1#imgdii=vvH0CLmQV8KlqM%3A%3BvvH0CLmQV8KlqM%3A%3BPy47E3X5fxMP1M%3A&imgrc=vvH0CLmQV8KlqM%3A&gt; Acessado em: 01 de maio de 2016.