Ana Paula Antunes

Este post refere-se à atividade do dia 30/03/2016

 

Atividade 1

 

1 – Um dos elementos indispensáveis nas bibliotecas, hoje em dia, é a tecnologia que é utilizada através dos Sistemas de Informação para armazenar, manipular, filtrar e gerar informação, de forma rápida e eficaz. Com estes recursos tecnológicos disponíveis, torna-se mais agradável e menos trabalhoso a alimentação de dados, facilitando assim, a recuperação da informação. Podemos citar vários exemplos de sistemas de informação utilizado em bibliotecas, como o: Pergamum, Elisa, Biblioshop, Bibliolivre, SophiA dentre muitos outros.

 

2 – Os recursos tecnológicos são a chave para que o usuário possa encontrar a informação que procura, sem o sistema de uma biblioteca (por exemplo) fica complicado de saber onde tal informação encontra-se, desta forma, a agilidade com a qual a informação é alcançada é maior. Quando temos o usuário satisfeito com a informação, é que cumpriu-se a principal tarefa dos sistemas de informação na unidade de informação.

 

Atividade 2

 

Pensando na biblioteca como um sistema de informação, onde a gestão da informação seja vista como a administração de uma rede de processos que adquirem, criam, organizam, distribuem e usam a informação. Podemos comparar assim, os elementos de um sistema de informação, com os mesmos utilizados na administração da informação.

Sendo assim, a entrada do SI seria a identificação da necessidade da informação, que são a captação e reunião dos componentes que “entram” no sistema, para que, posteriormente, possa ocorrer a aquisição da informação.

O próximo passo seria o processamento dos dados, para que a informação seja alcançada se faz necessária a organização e armazenamento da informação, assim a informação é desenvolvida e convertida em produtos, ou nesse caso, nos serviços de informação.

Desse modo, ocorre a saída da informação, quando a distribuição da informação é concluída, ou seja, os serviços e insumos foram satisfatórios, gerando resultados na unidade de informação. Este resultado, é o objetivo do SI, que se dá através do uso da informação alcançada.

Com a informação encontrada, deve-se fazer o feedback do SI, que neste caso, é chamado de comportamento adaptativo que permite que a unidade de informação mude e se adapte conforme os resultados, alterando seus produtos, serviços e objetivos à medida do retorno destes resultados.

A unidade de informação, em que o modelo processual de administração da informação foi utilizado como ambiente da SI, que foi feito baseado no diagrama logo abaixo:

http://www.gercinalima.com/mhtx/media/Figuras%20Dissertacao%20Sandra%20Maria%20Silveira/Figura9SilveiraSM.bmp

Os recursos do SI, acham-se dentro próprio sistema, se pressupõe que a unidade de informação já utilize um sistema adequado para desempenhar suas tarefas, para que o processo seja concretizado.

Concluindo assim, a administração da informação se dá com o controle dos componentes, dando suporte para que o objetivo seja sempre alcançado e, caso necessite de alguma alteração. Deve-se ter em mente que a unidade de informação, assim como qualquer outro sistema, está em constante transformação e para conseguir a excelência não deve deixar de estar.

 

Referências bibliográficas

 

CHOO, Chun Wei. A organização do conhecimento: como as organizações usam a informação para criar significado, construir conhecimento e tomar decisões. São Paulo: Ed. SENAC, 2003. p. 404

SILVA, Patrícia Maria. Sistemas de informação em bibliotecas: o comportamento dos usuários e bibliotecários frente às novas tecnologias de informação. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, v. 5, n. 2, 2008. Disponível em: http://www.sbu.unicamp.br/seer/ojs/index.php/rbci/article/view/376. Acesso em: 05/04/2016.

 

Grupo 4 – Izabel

Este post se refere à atividade para o dia 6 de abril.

Os elementos de um sistema de informação devem relacionar-se entre si para que no fim possam alcançar seu objetivo em comum. Entre esses elementos destacam-se os Recursos Humanos, Recursos de Software, Recursos de Hardware, Recursos de Rede e Recurso de dados.

imagem

Fonte: (O’BRIEN, 2010, p. 10).

Os Recursos Humanos são os profissionais envolvidos e os usuários finais (bibliotecário, comunidade geral, etc.). Recursos de Software compreende aos programas e procedimentos (Pergamum, normas da ABNT, etc.). Recursos de Hardware corresponde aos equipamentos (computadores, papel, etc.). Também tem os recursos de dados (artigos, livros, etc.) que fornecem a matéria-prima do processo realizado pelo SI. E, por fim, os recursos de rede (Internet, extranet, intranet, etc.) que permite a conexão de todos os outros elementos.

Eles atuam de um modo sistemático para ajudar atender os objetivos da UI no qual está inserido. Para isso, os dados e/ou informação passam por um processamento que envolve entrada, processo e saída. Os profissionais da informação (recurso humano), utilizam dispositivos (recurso de hardware) para realizar a entrada, o armazenamento e a saída, bem como o controle dos dados e informações do processo. Os dados e/ou informação são adquiridos por meio de base de dados, fontes bibliográficas, etc. (recursos informacionais). Procedimentos e programas (recurso de software) são utilizados para o processo. Para que as partes interagem entre si, é necessário que exista meios destinados a comunicação (recursos de rede). Depois de feito o processamento de dados, a saída chega até os usuários finais (recurso humano).

Para contextualizar, considerando que o SI é utilizado no serviço de catalogação em uma biblioteca qualquer, as Entradas seriam as obras a serem catalogadas. Os Mecanismos de Processamento de Dados e procedimentos podem ser um software como o Biblivre, a AACR2, RDA, entre outros. As Saídas seriam as fichas catalográficas, ou em formato MARC, Dublin Core. O Objetivo do SI seria informar ao usuário quais obras a biblioteca contem. Quanto ao Ambiente, poderia ser interno e externo a biblioteca, tanto fisicamente, quanto virtualmente. Os Recursos utilizados seriam o humano, representado pelo catalogador, bibliotecário e pelo usuário final; os recursos de hardware como os computadores; recursos de software (software Biblivre, AACR2, RDA); recursos de dados (a obra a ser catalogada) e os recursos de rede, como a Internet. O feedback seria utilizado em casos em que o livro não está sendo recuperado pelo usuário. Por isso, o feedback ajuda na melhoria do processo. O controle é executado pelos bibliotecários e catalogadores.

 REFERÊNCIAS

O’BRIEN, James A. Sistemas de informação e as decisões gerenciais na era da internet. 3. ed. = 11.ed.americana. São Paulo: Saraiva, 2010. 431 p.

 

Grupo 3 – Luana

Este poste se refere à atividade do dia 06 de abril.

Identificar e dar exemplos elementos de sistemas de informação numa unidade de informação.

Sistemas de Informação são utilizados para descrever um sistema automatizado ou manual. Desta forma ele consegue abranger pessoas, máquinas, etc. Proporcionando soluções mais rápidas para seus usuários.

 Alguns dos elementos identificados foram:

– Software;

– Livros;

– Equipamentos;

– Hardware;

– Banco de dados;

– Redes;

– Pessoas.

De que forma estes elementos podem atuar em conjunto?

Esses documentos interagem entre si. Um exemplo seria o caso dos softwares, quando os usuários cadastrados podem solicitar o empréstimo na unidade de informação.

 

ATIVIDADE 2

 Considere que um SI foi aplicado a uma UI fictícia e identifique, neste contexto:

Entradas: Neste caso as entradas seriam os livros que ainda não foram catalogados,

Cadastro de usuários;

 Mecanismos de Processamento de Dados: Como mecanismo de processamento de dados seria usado um Softer de processamento técnico para catalogação,

– Preenchimento de formulários no softer específico;

 Saídas: As saídas seriam os livros já processados e prontos nas estantes para os usuários,

– A saída dos usuários seria através da carteirinha de usuários;

 Objetivos do Sistema de Informação: O principal objetivo do Sistema de Informação é facilitar à recuperação da informação e/ou a localização do livro dentro da Unidade de Informação,

– O Sistema de Informação irá contribuir para a identificação e o monitoramento estatístico do usuário;

 Ambiente: A Unidade de Informação do nosso estudo é a biblioteca,

– Neste caso também seria a Biblioteca;

 Recursos: Os recursos utilizados seriam o softer, recurso pessoal, recurso financeiro e recurso físico;

 Há feedback? Se sim, em que caso? Exclusivamente nesse caso não há um feedback;

 Quem executa o controle? Neste caso quem executaria o controle seria o catalogador, o softwares, os hardwares,

– O atendente e o bibliotecário executam o controle da Unidade de Informação em destaque.

Grupo 5 – Jonara de Almeida

Este post se refere à atividade para o dia 06 de abril de 2016.

Identificar e dar exemplos de elementos de sistemas de informação numa unidade de informação

 R: Um sistema é uma espécie reconhecível de entidade na qual “entram” vários tipos de recursos (pessoas, dinheiro etc.) e da qual “sai” alguma espécie de produto ou serviço.

Exemplos de elementos de sistemas de informação:

  • usuário

user-233252

  • computador

computador desenho

  • software

sofware2

  • livro

DESENHO LIVRO

 

De que forma estes elementos podem atuar em conjunto?

R: O usuário solicita o livro para o bibliotecário que busca no software o livro disponibilizando para o usuário.

 

Considere que SI foi aplicado a uma UI fictícia e identifique, neste contexto:

R: A unidade fictícia proposta neste contexto é uma biblioteca universitária.

 

  • ENTRADAS: a entrada capta e reúne elementos que entram no sistema para serem processados, por exemplo, a entrada do livro não catalogado.

 

  • MECANISMOS DE PROCESSAMENTO DE DADOS:  são processos de transformação que convertem insumos (entradas) em um produto ou serviço, por exemplo, catalogar o livro.

 

  • SAÍDAS: por meio da saída, o sistema exporta o resultado de suas operações para o meio ambiente, por exemplo, o livro catalogado – descrição física e do conteúdo.

 

  • OBJETIVOS DO SI: Gerar informações de saída para suprir determinas necessidades, disponibilizando o livro para o usuário.

 

  • AMBIENTES:Universidade

 

  • RECURSOS: Humanos, especialistas em SI, software, programas, bancos de dados, processamentos de dados em informação, saída de produtos de informação.

 

  • Há feedback? Se sim, em que casos? Não.

 

  • Quem executa o controle? Bibliotecário.

REFERÊNCIAS:

Disponível em:<https://www.google.com.br/search?q=usuario&biw=1366&bih=643&tbm=isch&tbo=u&source=univ&sa=X&ved=0ahUKEwj2rdKRnfnLAhWIvJAKHVzmCN4QsAQIIQ#imgrc=25TpoNYC3Qo4PM%3A&gt;. Acessado em: 06 de abr. 2016.

Disponível em:<https://www.google.com.br/search?q=sistema+de+informa%C3%A7%C3%A3o&biw=1366&bih=643&source=lnms&tbm=isch&sa=X&sqi=2&ved=0ahUKEwir793nnPnLAhVBhpAKHUTZDMcQ_AUIBigB#tbm=isch&q=software&imgrc=6uBxUujLylO4KM%3A&gt;. Acessado em: 06 de abr. 2016.

Disponível em:<https://www.google.com.br/search?q=livro&biw=1366&bih=643&tbm=isch&tbo=u&source=univ&sa=X&ved=0ahUKEwjqqPLeqvnLAhWLHZAKHX3XCvwQsAQIOA#tbm=isch&q=livro+desenho&imgrc=TaFkth4ojRS7KM%3A&gt;. Acessado em: 06 de abr. 2016.

Disponível em:<https://www.google.com.br/search?q=livro&biw=1366&bih=643&tbm=isch&tbo=u&source=univ&sa=X&ved=0ahUKEwjqqPLeqvnLAhWLHZAKHX3XCvwQsAQIOA#tbm=isch&q=computador+feliz&imgrc=GWnG6nd0LoWHcM%3A&gt;. Acessado em: 06 de abr. 2016.

Grupo 5 – Rocelle

funcionamento de uma UI

Atividade Referente ao dia 06 de Abril.

Atividade 1

Identificar e dar exemplos  de elementos de sistemas de informação numa unidade de informação.

Livro é o objeto de empréstimo principal na Unidade de Informação.

Pergamum é sistema de gerenciamento de dados que abrange as funcionalidades de uma biblioteca. Também sendo considerado um recurso. Que terá finalidade de auxiliar na solicitação.

Bibliotecário além de executar todo processo técnico documental de informação da biblioteca, como mediador entre informação e usuário, sua tarefa  é tornar acessível à informação.

Computador é um dos recursos principais utilizado na biblioteca para tratamento técnico da informação, sendo necessários softwares como pergamum e internet para o processo.

Solicitação é a forma que o usuário da biblioteca faz para pedir a informação desejada, para que consiga encontrar o livro para empréstimo, feito através do computador e do pergamum.

De que forma estes elementos podem atuar em conjunto?

sistemas de informação

Os elementos podem atuar desde a entrada com a solicitação de um livro, tendo o auxilio do recurso de um computador feito pelo mecanismo de processamento de dados Pergamum e executado pelo profissional bibliotecário, que como saída terá o livro pronto para empréstimo, de acordo com a solicitação de entrada.

E para todo empréstimo feito em uma determinada data, de acordo com o planejado pela instituição juntamente com bibliotecário, será enviado um pequeno questionário direto, que será reenviado para o bibliotecário, com intuito de avaliar o sistema de empréstimo de livros da Unidade de Informação.

O usuário que atender essa solicitação poderá emprestar um livro a mais naquele dia especifico.

Com esse feedback de incentivo, teríamos o controle do funcionamento da SI de acordo com a entrada e saída, podendo então melhorar ou manter o sistema.

Atividade 2

Considere que um SI foi aplicado a uma UI (biblioteca) fictícia e identifique, neste contexto:

  • Entradas solicitação de informação livro
  • Mecanismos de processamento de Dados Pergamum e internet
  • Saídas livro emprestado
  • Objetivos do SI empréstimo de livros
  • Ambiente biblioteca
  • Recursos computador
  • O feedback é feito na entrada pelo executor do controle através do recurso de seus mecanismos de processamentos de dados, solicitando o feedback de incentivo sobre o serviço da UI.
  •  Quem executa o controle é o bibliotecário.

Grupo 4 – Leonardo.

Publicação referente a atividade para o dia 06 Abril de 2016.

Síntese de SI versus UI 

Unidade de informação

 

    A concepção dos sistemas de informação baseia-se nos fundamentos de entrada, processamento e saída. Sistema de informação é definido como “um conjunto organizado de procedimentos, que quando executados, produzem informação para o apoio a tomada de decisão e ao controle das organizações” (LUCAS, Enry C.).

Video 01: Sistema de Informação.

Fonte: Canal de António Manuel Andrade,  http://www.youtube.com.

    A proposta da atividade I, Identificar e dar exemplos de elementos de sistema de informação (Si) numa unidade de informação (UI), para respondê-la, primeiro precisamos considerar as características de sistema de Informação (SI), entrada, processamento e saída, e observá-los sobre uma ótica de conjunto organizado de procedimentos que darão subsídios  para a tomada de decisões em organizações, no nosso caso uma biblioteca.

    A ordenação dos elementos de um sistema de informação, podem ser identificados facilmente em uma biblioteca. Considerando a analogia entre  SI e UI, as entradas são vistas como as buscas bibliográficas, o processamento como as rotinas catalográficas e classificatórias e a saída como os resultados de pesquisa por assuntos, títulos ou autores pesquisados. Os procedimentos que produzem informação estão presentes no processamento técnico, nas entradas no cadastramento das obras e na lógica das saídas presentes nos catálogos, listas e empréstimos de informações em diversos suportes. Independente de interface, apenas observando as tecnologias bibliotecárias presentes na UI, fica claro que em seus procedimentos e praticas são orientadas por regras  bem definidas exatamente como nos sistemas de informação.

    Quanto a atuação em conjunto dos elementos de sistemas de informação nas UI, percebe-se que a interação existente é resultado da evolução de ferramentas rudimentares. Os pioneiros na automação de bibliotecas foram Paul Otlet, com a criação da classificação Decimal Universal CDU e Vannevar Bush, com a idealização da máquina Memex (MEMory Extended). Os primeiros sistemas para bibliotecas foram elaborados pela IBM e Regmington que criaram máquinas para manipular a informação por meio de cartões e fitas perfurados na era tratada como pré-computador. Logo seguiu-se a computação off-line em 1960, após esse período chega a computação com sistemas on-line na década de 1970. (FERNEDA, 2009).

    O ápice da automação de bibliotecas foi atingido no final dos anos 1980, depois o processo continuou até os anos de 1990 tocado por grandes bibliotecas que desenvolviam seus sistemas de automação com objetivos de resolver suas demandas de forma doméstica e individual. Após o período surgiram opções de sistemas comerciais. (CAFÉ 2001).

    Se nota  que unidades de informação, na atualidade, sem o emprego de sistemas de informação de bibliotecas, não teriam respostas apropriadas e em tempo aceitável à suas demandas informacionais, que em última instância é a razão de existência de qualquer UI.

Video 02: Sistema autoprestamo RFID de 102 Novadoc para bibliotecas

Fonte: Canal 102 Novadoc,  http://www.youtube.com.

Estrutura  de SI

    Considerando o contexto de uma unidade de informação fictícia, uma biblioteca digital, ao receber aplicações de sistemas de informação (atividade 2):

  • Entrada: Pesquisas no site por assuntos, autores ou títulos; livros não catalogados;

  • Mecanismos de processamento de dados: Softwares Greenstone, MyCoRe e Dspace;

  • Saídas: Resultado de pesquisa, empréstimo de ebook e feeds de notícias (ambos no site que é o único ambiente da biblioteca digital);

  • Objetivos do SI: gerenciamento das pesquisas, empréstimos, divulgação seletiva de informação e ambiente para interação com usuários;

  • Ambiente: Virtual (internet), comunidade de usuários e visitantes do site/biblioteca digital, o site da biblioteca digital;

  • Recursos: Sistema de Informação (diversos softwares); serviço de servidores virtualizados (alugados), ebooks, bibliotecário e profissionais da informação;

  • Feedback: o retorno do sistema de busca do SI da página da biblioteca: pesquisas x obras não encontradas (relação de obras para aquisição); % de pesquisas x empréstimos; revocação e precisão (por meio da interação do bibliotecário ou técnico); Sugestões para aquisição; pesquisas de opinião.

  • Quem executa o controle: Bibliotecário, Pessoal de TI e profissionais treinados.

Referências Bibliográficas:

CAFÉ, L.; SANTOS, C.; MACEDO, F. Proposta de um método para escolha de software de automação de bibliotecas. Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 30, n. 2, p. 70-79, maio/ago. 2001. Disponível em: <www.scielo.br/pdf/ci/v30n2/6213.pdf >. Acesso em: 06 Abr. 2016.

FERNEDA, E. Automação e Informação. 2009. Apresentação em Microsoft Power Point. 38 slides. Disponível em: <http://sites.ffclrp.usp.br/cid/docentes/edberto/disciplinas/automacao/Aula%2001.ppt > Acesso em: 06 Abr. 2016.

BASSÔA, Leonardo Fontes; SOUZA, Lucas Inácio. A BIBLIOTECA E O SOFTWARE DE AUTOMAÇÃO: Soluções de Software Livre Disponíveis. 2014, 22 f. Trabalho da disciplina de Pesquisa Bibliográfica para Biblioteconomia (Graduação em Biblioteconomia) – Centro de Ciências da Educação, Universidade Federal de Santa Cataria, Florianópolis, 2014.

Grupo 01 Silma Terra

Grupo 1 – Silma Terra

Atividade referente ao dia 6 de Abril.

images (1)

Atividade 1

Identificar e dar exemplos de elementos de sistemas de informação numa unidade de informação.

Pesquisa baseada  em dados de uma biblioteca universitária, que utiliza os recursos de pessoas, hardware, software, dados e redes para executar atividades de entrada, processamento, saída, armazenamento e controle que convertem dados em informação.

  • De que forma estes elementos podem atuar em conjunto?

Não só podem como é de fundamental importância o sincronismo entre os elementos para que haja a responsabilidade de tornar a informação útil ao usuário, representando um estímulo constante à pesquisa e à leitura. de modo a facilitar o seu acesso, localização, utilização e intercâmbio.

images (6)

  • Considere que um SI foi aplicado a uma UI fictícia e identifique, neste contexto:

Entradas

Desenvolvimento de coleções, com a finalidade de formação  e manutenção dos acervos da biblioteca, Na entrada está a responsabilidade de atualização e adequação do acervo, a identificação das necessidades dos usuários, atualização das normas e sistemas para o desenvolvimento das coleções.

Mecanismos de Processamento de Dados

Os procedimentos, normas e rotinas adotados no tratamento do acervo seguem os padrões para catalogação e classificação, através do Código de Catalogação Anglo Americano (CCAAR-2), Classificação Decimal de Dewey (CDD).

Saídas

Empréstimo local: retirada de materiais de consulta para reprodução parcial,  utilização em salas de aula, salas de estudo ou outro departamento da instituição, como obras de referência, livros de consulta, periódicos, catálogos de produtos, material  audiovisual e multimídia.

 Objetivos do SI

Suprir a demanda da informação indispensável à orientação de pesquisa da comunidade interna e externa, buscando contribuir para a melhoria do ensino e no processo de transformação de nossos alunos.

Ambiente

Biblioteca Universitária

Recursos

Recursos humanos como graduados em Biblioteconomia, assistente de biblioteca, auxiliares de biblioteca, além de uma equipe de estagiários de Biblioteconomia, assim como recursos tecnológicos. Exemplo software Pergamum e  hardware de última geração,

Há feedback? Se sim, em que casos?

Sim, há um constante feedback, através de  caixa de sugestões assim como no site Fale Conosco, com opções de reclamações, elogios e sugestões.

Quem executa o controle?

Gestor da biblioteca, graduado em Biblioteconomia.

 

Referências –

COADIC, Ives-françois Le. A Ciência da Informação. Brasilia/df: Briquet de Lemos, 1996. 119 p. (0). Disponível em: <http://www.restaurabr.org/siterestaurabr/CICRAD2011/M1 Aulas/M1A3 Aula/20619171-le-coadic-francois-a-ciencia-da-informacao.pdf>. Acesso em: 05 abr. 2016.

http://www.souzamarques.br/a-biblioteca/estrutura  Acesso em 04/04/2016.

STAIR, M. Ralph & REYNOLDS, George W. Princípios de Sistemas de Informação. 9 ed. São Paulo: Cengage Learning, 2011.