Grupo 3- Joselaine

Este post é referente a atividade para dia 06/04/16.

Síntese SI versus UI

Atividade 1

  • Identificar e dar exemplos elementos de sistemas de informação numa unidade de informação.

 Podemos identificar como sistema de informação a Biblioteca, que é o local que mantém e dissemina a informação. São definidas como instituições de caráter essencialmente cultural. Seus documentos são, na maioria, impressos, sendo adquiridos através de compra, doação ou permuta.

São utilizadas, fundamentalmente, para estudo, pesquisa e consulta.  Já os elementos identificamos os livros, os usuários, software, mobiliário

 

  • De que forma estes elementos podem atuar em conjunto?

 Atuam de forma que facilitem a recuperação da informação, sendo um sistema de informação digital (Software) ou não (fichas). Sistemas atuais de Informação compõem-se de softwares; hardwares; informação; o meio do processamento e o usuário e/ou funcionário do da unidade de informação que terá que trabalhar com a ferramenta.

Estrutura de SIs

 Atividade 2

 Considere que um SI foi aplicado a uma UI fictícia e identifique, neste contexto:

  • Entradas
  • São os livros não catalogados;
  • É o cadastro de usuário;
  • Mecanismos de Processamento de Dados
  • São os softwares de processamento técnico para a catalogação do livro ainda não catalogado;
  • E o Preenchimento de formulário em software específico;
  • Saídas
  • São os livros processados;
  • É a carteira de usuário da biblioteca;
  • Objetivos do SI
  • É facilitar à localização da informação e/ou a localização do livro;
  • E a identificação/monitoramento estatístico do usuário;
  • Ambiente
  • Biblioteca identifica-se como ambiente;
  • Recursos
  • Software, pessoal, financeiro, físico.
  • Software, pessoal, financeiro, físico.
  • Há feedback? Se sim, em que casos?
  • Nesse caso de livros não catalogados não há feedback, mas em outros casos em que os livros são catalogados há sim feedback.
  • Quem executa o controle?
  • O bibliotecário que tem a função quem tem a função de catalogar
  • O atendente/bibliotecário quem faz o controle.

 

REFERENCIAS

CHAGAS, Magda Teixeira. Fluxo do trabalho realizado com os documentos nas Bibliotecas/Unidades de Informação. Florianópolis, 2015.

Anúncios

Grupo 1 – Madeleine

Atividade referente ao dia 6 de abril.

Atividade 1

Os elementos de sistemas de informação numa unidade de informação podem ser caracterizados pelos dados, a informação propriamente dita, os recursos tecnológicos como o hardware, software e as redes de comunicação. Os recursos humanos, formado por profissionais capacitados no tratamento da informação.

Uma atuação em conjunto desses elementos se dá, por exemplo, pela aquisição de um livro na biblioteca. Os profissionais da informação fazem uma analise do conteúdo do documento e juntamente com os recursos tecnológicos tratam da informação de um modo padronizado, como o MARC 21, com categorias pré-determinadas, como a catalogação, classificação e indexação. O produto de saída dessa analise e categorização, pode se dar por uma etiqueta utilizada na lombada dos livros, elaborada com o auxilio de um software, é essencial para a recuperação da informação na unidade de informação.

Atividade 2

A unidade de informação fictícia escolhida foi uma biblioteca especializada em patrimônio cultural.

A entrada de documentos no acervo se dá por documentos como livros, DVD’s, dissertações, mapas, todos obedecendo ao critério de possuir o assunto especifico da unidade como foco.

Esses documentos passam pelos mecanismos de processamento de dados, como o processamento técnico (classificação, indexação e catalogação) e pelo software de processamento informacional (Biblivre).

Como produto de saída estão a ficha catalográfica, etiquetas nas lombadas dos livros, duplicatas de livros que poderão ser distribuídas entre as bibliotecas da instituição.

Os objetivos do sistema de informação é tratar, armazenar e distribuir documentos especializados que tratam sobre patrimônio cultural.

O ambiente da unidade é uma instituição voltada ao patrimônio cultural.

Os recursos podem ser de dados, humanos, de hardware, software e rede.

O feedback se dá pela frequência e numero de usuários, documentos com maior numero de empréstimo, pesquisas qualitativas feitas com os usuários.

O controle é executado pela administração e os bibliotecários capacitados em distinguir os pontos fortes e fracos da unidade, assim, desempenhando um método de gestão para a melhoria das funções afim de que o objetivo da organização seja alcançado.

 

Grupo 1 – Denian

Atividades 1 e 2 referentes ao dia 30/03.

Atividade 1

Sistemas de informação (SI) possuem elementos interdependentes que trabalham sistematicamente com um ou mais objetivos dentro de uma unidade de informação (UI).
Os principais elementos que compõem uma UI são os recursos informacionais, ou seja, fontes de pesquisa, bases de dados, acervos, etc. Recursos humanos, com formação, competências e habilidades para atuar em uma UI. E também os recursos tecnológicos, que a partir da entrada de informação, servem para todo o processo, seja classificação, catalogação ou indexação, e em alguns casos na saída, como ferramenta de pesquisa e recuperação da informação.

Estes três elementos atuam em conjunto constantemente em uma UI, pois a informação nova que chega às unidades necessita de tratamento para que possa ser recuperada, dessa forma, os profissionais da informação usam seus atributos e conhecimentos tecnológicos por meio de softwares que facilitam o tratamento e a recuperação da informação, além de atuar no contexto social atendendo diretamente o público do ambiente em que a UI está situada.

Atividade 2

Unidade de informação arquivística, de guarda de material totalmente composta por documentos de professores, servidores e técnicos de uma instituição de ensino.
projeto_lei_166_maior
Fonte: http://www2.uol.com.br/historiaviva/noticias/img/projeto_lei_166_maior.jpg

A entrada é feita a partir de documentos de diversos gêneros, como memorandos, portarias, ofícios, atestados médicos, documentos de bancas de concurso, graduação e pós-graduação, etc. E são colocados dentro de pastas funcionais que posteriormente são coletadas as informações e processadas com o formato de índice em um software de computador, indicando o nome do professor ou servidor da instituição, juntamente com o número da caixa onde ele se encontra.
21
Fonte: http://d11kmtfkf7k4xh.cloudfront.net/my/catalog_item_images/large/1436872866/1748767?1436872866

Quando necessária a consulta, efetua-se através deste sistema por índice e as saídas são feitas em caso de afastamento, aposentadoria ou qualquer processo que envolve informações contidas nas pastas funcionais.

Os objetivos do sistema da unidade arquivística é tratar, preservar e conservar informações administrativas dos professores, servidores e técnicos, de forma quem fiquem armazenadas em um ambiente único para melhor recuperação das informações, contando com recursos humanos (arquivista) e tecnológicos (hardware e software para processamento, recuperação e preservação).

O feedback recebido dos usuários é unicamente sobre a agilidade, precisão na busca e recuperação do documentos, dessa forma, o controle é feito pelo arquivista da unidade, que a partir de um feedback positivo ou negativo, faz uma conferência de dados no índice e aplica as correções de localização e atualizações nos documentos.

Grupo 3 – Lucas

Sistemas de informação e sua estrutura


Atividades 1 e 2 | Dia 30/03/2016 | Lucas Inácio de Souza



ATIVIDADE 1 – SÍNTESE SI VERSUS SU

books-25154_960_720
Imagem 1: Livros são elementos que compõem os SI’s em uma Biblioteca.

 

 

Dentro de uma Unidade de Informação – como é o caso de uma Biblioteca – é possível identificar inúmeros elementos que compõem os chamados Sistemas de Informação,  dentre os quais:

Livros;
Usuários;
Computadores;
Softwares.

E de que forma estes elementos podem atuar em conjunto? Os mesmos interagem  em diversas estâncias atuando em conjunto, como é o caso dos softwares, que para funcionarem dependem  do uso de computadores, que por sua vez são utilizados por usuários pré-cadastrados que podem além de pesquisar em Softwares, solicitar o empréstimo de livros da Unidade de informação em questão. Este é só um exemplo, podendo estes atuar em conjunto em outras situações diversas.

ATIVIDADE 2 – ESTRUTURA DE SI’S

Considerando que um SI foi aplicado em uma Unidade de Informação fictícia (ainda utilizando como exemplo uma Biblioteca), é possível visualizar todos os processos envolvidos na estrutura básica do sistema. Para exemplificar, optou-se por focar a análise em dois componentes do SI: os livros e o usuário da biblioteca respectivamente, aplicando a ótica sob as seguintes perspectivas: Entradas, Mecanismos de Processamento de Dados, Saídas, Objetivos do SI, Ambiente, Recursos, Feedback? Se sim, em que casos? Quem executa o controle?

Os três primeiros aspectos tratam diretamente do SI, enquanto os outros 5 cinco mostram as características do SI aplicado na biblioteca.

  • Entradas
    Livros não catalogados
    Cadastro de usuário
  • Saídas
    Livros processados
    Carteirinha de Usuário
  • Processamento
    Softwares de Processamento Técnico para catalogação do livro
    Preenchimento de formulário em software específico
  • Objetivos do SI
    Facilitar a recuperação da Informação
    Identificar usuário
  • Ambiente
    Setor de processamento técnico da biblioteca
    Eletrônico (on-line)
  • Recursos
    Recursos pessoais, financeiros
    Recursos pessoais, Software
  • Feedback
    Em ambos os casos, o feedback é feito pelo usuário, ou Bibliotecário
  • Controle
    Bibliotecário, Catalogador, Software
    Atendente, Bibliotecário

Referências
Imagem 1. Disponível em: <https://pixabay.com/static/uploads/photo/2012/04/03/13/26/books-25154_960_720.png&gt; . Acesso em 04 abr. 2016.

Grupo 2 – Leandro Grosselli

Este post é referente à atividade para o dia 06 de abril

Identificar e dar exemplos elementos de sistemas de informação numa unidade de informação.

unidades-de-medida-modificada1

Fonte: Google imagens

R: Software

O Pergamum, Biblivre, Sophia são exemplos, eles reúnem, organizam e manipulam dados e dão as instruções. Realizando o papel chave nos computadores de bibliotecas.

Dados

A informação do sistema de indexação se inicia na extração, após análise detalhada do documento, de uma ou duas palavras que em conjunto, descrevem o contexto do documento a indexar. Retirando então a Palavra-chave. Ela é a chave para um sistema de informação.

Procedimentos

No nosso caso as regras, descrições e instruções de como as coisas são feitas, no sistema de indexação para se recuperar a informação, será criar os procedimentos para essa recuperação, por instruções ou manuais de usuário que descrevem como usar o hardware, o software e os dados.

Pessoas

No nosso caso é o bibliotecário que opera o software, absorve os dados, constrói o conteúdo que será adicionado no software e o mantém funcionando, escreve os procedimentos e determina a forma de recuperar a informação.

Comunicação

No nosso caso o Pergamum é um software que envolve vários computadores, sendo uma comunicação importante para a disseminação da informação.

De que forma estes elementos podem atuar em conjunto?

Indexação

Fonte: Google imagens

R: Esse conjunto de procedimentos com os elementos formais de seleção e aquisição possibilita a análise, síntese e representação do documento, que fornecerão termos para que o usuário recupere essa informação através do software e hardware dessa unidade de informação.

Considere que um SI foi aplicado a uma UI fictícia e identifique, neste contexto:

Entradas

É feita a seleção e aquisição dos documentos conforme as necessidades de uma comunidade de usuários, estes documentos podem ser livros, artigos, imagens, etc. Então é feito o resumo e seleção de palavras-chave que serão inseridas no sistema.

Mecanismos de Processamento de Dados

O processo é realizado através da análise, onde é feita uma leitura técnica, considerando os principais elementos (título e subtítulo; resumo; sumário; introdução; ilustrações e tabelas; palavras em destaque e referências) depois a sintetização, onde é construindo os elementos para identificação da unidade de informação e por último a representação (ou tradução) para a linguagem documental adotada.

Saídas

Nosso formato de saída será um catálogo on-line, contendo resumo e referência bibliográfica. Dando ao usuário a possibilidade de escolher qual o melhor forma para recuperar a informação.

Objetivos do SI

O objetivo é inserir no sistema documentos que auxiliem os usuários a recuperar a informação através de um vocabulário controlado.

Ambiente

O ambiente pode ser bibliotecas escolares, universitárias, privadas etc.

 Recursos

O Hardware e o Software para inserir a informação, como computador e o Pergamum. O material humano o bibliotecário, auxiliar e usuário.

Há feedback? Se sim, em que casos? 

Há o feedback do usuário que irá dizer quais são suas necessidades e como aquela unidade deve trabalhar na indexação dos termos.

Quem executa o controle?

É executado pelo bibliotecário que fará o controle através da capacidade de revocação e precisão da recuperação dos termos, conforme a necessidade do usuário.

Referência

GIL LEIVA, Isidoro; FUJITA, Mariângela Spotti Lopes. Política de indexação.São Paulo: Cultura Acadêmica, 2012.

Grupo 1 – Aline Viani Brito

Atividade referente ao dia 6 de Abril.

Atividade 1

– Identificar e dar exemplos de elementos de sistemas de informação numa unidade de informação.

Alguns elementos de sistema de informação são os recursos informacionais, tecnológicos (ex. software), profissionais (ex. capacitação), arquivar, catalogar, classificar, disponibilizar (tratar a informação) e armazenar.

– De que forma estes elementos podem atuar em conjunto?

Os elementos podem atuar em conjunto da seguinte forma, se temos um software dentro de uma unidade de informação o mesmo atua como sistema de informação dentro do próprio sistema de informação da unidade e funcionar consecutivamente, ou também relacionar com outros processos dentro da unidade.

Tais elementos podem atuar em conjunto na entrada, e nos mecanismos de dados, como no exemplo especificado na atividade dois. Pois ao mesmo tempo em que ocorre a entrada o mecanismo de processamento e organização de dados está acontecendo no sistema de informação (software), utilizado pela instituição.

Atividade 2

– Considere que em um S.I foi aplicado a uma U.I fictícia e identifique, nesse contexto:

A Unidade de informação fictícia escolhida para estruturação e exemplificação dos processos foi um centro de documentação hospitalar.

Entradas – Prontuários e Boletim médico dos pacientes.

Mecanismos de processamento de dados – Processamento de dados são os documentos gerados enquanto permanência de cada paciente no hospital, depois disso o documento é faturado e encaminhado ao serviço de prontuário do paciente onde é tratado e organizado. O processamento de dados é feito através de um sistema informacional digital, implantado em todos os setores do hospital.

Saídas – Documentos depois de tratados que são guardados de acordo com o respectivo tempo exigido por lei, além disso podemos considerar saída as cópias de prontuários e exames que o paciente leva.

Objetivos do S.I – Tratar, armazenar e organizar os dados do paciente.

Ambiente – Centro de documentação hospitalar.

Recursos – Recursos humanos e digitais.

Há feedback? Se sim, em que casos? – Há feedback dos usuários do sistema (pacientes no caso deste exemplo) e também do gestor.

Quem executa o controle?  O gestor do serviço de prontuário do paciente.

-Imagem- (Fonte: http://gestaodeempresas.net/o-que-e-e-quais-os-objetivos-de-um-sistema-de-informacao)

 

Grupo 2 – Emmanuel

Post referente a atividade do dia 06 de abril

12

Com o intuito de identificar e dar exemplo de elementos do sistema de informação em uma unidade de informação, foi criado hipoteticamente um serviço de indexação por um bibliotecário em uma biblioteca qualquer. Primeiramente foi verificado a funcionalidade do processo, criando o seu fluxo a partir desta verificação.

Processamento técnico manual

EntradaBibliotecário recebe o livro adquirido através de um processo de seleção do acervo e faz uma leitura dinâmica do mesmo.

Processamentobibliotecário elabora um resumo do livro e retira a partir da leitura suas palavras-chave, extraindo desta forma os elementos de indexação.

SaídaComo resultado obtém termos indexadores livres ou controlados e um texto resumo do livro.

13

Processamento Automatizado

EntradaBibliotecário coloca os dados em um Software (subsistema da biblioteca) podendo ser Pergamum, Sophia, incluindo as palavras chaves e o resumo do livro no sistema informacional.

Processamentosistema operacional computadorizado

SaídaLista de índice, Tesauro, Banco de Dados, Marc 21, Palavras-chave, etc

14

Tendo em vista o crescimento exponencial do volume de publicações e materiais que colocam na web ao longo dos anos, foram desenvolvidas técnicas de recuperação de informação para responder às necessidades dos usuários de unidades de informação, digitais ou físicas/tradicionais. A ferramenta importante desenvolvida dentro deste  processo para auxiliar a recuperação do dado ou informação é denominada índice, que vem a ser uma coleção de termos que indicam o local onde a informação desejada pode ser localizada e recuperada

Objetivo da realização da atividade executada pelo bibliotecário na Unidade da Informaçãorecuperação da informação, satisfação das necessidades e desejos do usuário.

15

 

AMBIENTE  

 Físico:  pode ser qualquer tipo de biblioteca.

16

Virtual: pode ser um Tesauro, Base de dados, Portal, Sistema   Pergamum ou Sophia, MARC, Lista de Indice

17

18

RECURSOS

Humanos bibliotecário, auxiliares, usuários

SoftwarePergamum, Sophia

Hardwaremáquina da biblioteca, terminal de consulta, PC individual de pesquisa

Dadospalavras-chave, resumo, tesauro, base de dados

Rede intranet –  terminal dentro da biblioteca, extranet – o sistema Pergamum e Sophia permitem que as bibliotecas participantes possam compartilhar informações de processamento técnico.

19

20

 

FEEDBACK

22                           21

Existe feedback através de comentários dos usuários em referência ao seu atendimento, bem como dos bibliotecários, utilizando o feedback e os sistema de informação e  a web – através de relatórios efetuam o levantamento de  índice de revocação e precisão, número de acessos  no sistema de recuperação de informação (responsável pelo armazenamento e recuperação automática de documentos – geralmente textos, que são objetos de dados), como também permitirá auxiliar na avaliação do sistema.

Estas informações serão de suma importância para o bibliotecário para que faça ajustes no seu planejamento estratégico na gestão da informação, faça correções nas indexações em que não existe número positivo de precisão, ajuste em demandas efetuadas pelos usuários que não foram atendidas.

23

24

 

Referências:

SACK, H. NPBibSearch: An ontology augmented bibliographic search. In: Proceedings 2nd Italian Semantic Web Workshop. Trento, Italy, 2005.

SPINK, A.; WOLFRAM, D.; JANSEN, B.J.; SARACEVIC, T. Searching the Web: The public and their queries. Journal of the American Society for Information Science and Technology, v.52, n.3, 2001