Maria Esilda Grupo 5 Atividade 30/03/16

Questão 01) Como você define uma Unidade  de Informação(UI)?Exemplifique.

R: “Unidade de Informação” foi um termo criado pela escola francesa para atribuir uma designação das áreas de atuação dos profissionais da informação, abarcando então arquivos, bibliotecas, centros de documentação e museus, entre as unidades de informação mais reconhecidas. O termo “Unidade de Informação” então no caso remete-nos, necessariamente, à infraestrutura física do ambiente de trabalho, de atuação profissional.

No meu entendimento é uma organização prestadora de serviços de informação ao um grupo especifico de usuário no qual a unidade de informação está inserida.

Exemplo de Unidade de Informação: (bibliotecas, centros e sistemas de informação, Informática,  e documentação, Arquivo, Museu.)

Questão 02) Exemplifique serviços essenciais de uma UI(aqueles que se forem retirados descaracterizam UI).

 R: Empréstimo, empréstimo entre bibliotecas, pesquisa retrospectiva, pesquisa de levantamento bibliográfico, disseminação seletiva da informação,  Atendimento ao usuário.

Questão 03) Como se estruturam Sistemas de Informação numa UI?

R: De entrada, componente, saída de dados e informações.  Exemplo : Seja ele pendrive, hd externo e interno.

Sua estrutura depende da unidade de informação na qual ele esta inserido. Todos os sistemas interagem entre si.

Referencia:

autores: Spudeit  Daniela F. A. O. Planejamento em unidades de informação: qualidade em operações de serviços na Biblioteca do SENAC Florianópolis. Acessado em 25/03/16, site  https://www.bu.ufmg.br/rbu/index.php/localhost/article/viewFile/16/18.

Dora, Qual a diferença entre uma unidade de informação e um serviço de informação. Acessado em 25/03/2016 site:http://indexadora.com/2015/10/14/qual-a-diferenca-entre-uma-unidade-de-informacao-e-um-servico-de-informacao/

GONZALEZ, M. ZILIO, D. A Gênese do Significado: o que é informação? Revista Filosofia, São Paulo, Ano V, nº53, p. 14-22, Novembro, 2010.

RIBEIRO, F. Desfazer equívocos: Ciência ou Ciências da Informação? Newsletter “A Informação”, n. 1, p. 19-22, 2005. Disponível em: <http://www.a-informacao.blogspot.com&gt;. Acesso em:  22 nov. 2010

SHIRKY, C. Ontologias são superestimadas: categorias, links e etiquetas. Extralibris. Disponível em: <http://extralibris.org/artigos-e-estudos/ontologias-sao-superestimadas-categorias-links-e-etiquetas/&gt; Acesso em: 12 jun 2010.

WEINBERGER, D. A nova desordem digital. Rio de Janeiro: Elservier, 2007.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s